Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

A minha namorada apanhou o bouquet

Um local de paz e reflexão, mesmo tendo ela apanhado o bouquet.

A minha namorada apanhou o bouquet

Um local de paz e reflexão, mesmo tendo ela apanhado o bouquet.

Ter | 14.02.17

A verdadeira origem do dia dos Namorados!

P.A

Caríssimos,

 

Se não têm televisão, internet, namorada, namorado ou não vivem neste mundo, se calhar não sabem, mas hoje é dia dos namorados.

 

Mas, alguma vez pararam para pensar de onde é que apareceu isto tudo?

 

Como é que de um dia para o outro chovem corações em todas as lojas? E nem se fala de colesterol?

Ou quem é o senhor Valentim e o que fazia? Seria ele um empresário da noite bem sucedido? Ou seria simplesmente o porteiro?

Ou até mesmo porque é que em Portugal se celebra no dia 14 de Fevereiro, mas no Brasil é dia 12 de Junho?

O Pedro Álvares Cabral, mesmo enganado, não demorou tanto tempo a dar com aquilo!

 

Enfim, esta sucessão de histórias mal contadas que ninguém questiona fez-me ir à procura de algumas respostas.

E existem umas fantásticas. Tenho 3 para vos mostrar.

 

Mas em primeiro lugar, deixem-me dizer que percebo perfeitamente a alteração de dias de Portugal para o Brasil.

Devia ser bonito, juntar o carnaval brasileiro e dia de namorados! Ainda por mais com aquele calor todo lá em baixo (geograficamente falando, claro) nesta altura do ano!  Assim, sendo em Junho sempre dá para levar o parceiro caçado em Fevereiro e a malta já pode voltar a estar solteira em Fevereiro outra vez. É tudo uma questão de logística amorosa. 

Por cá, como estamos de inverno, podemos juntar as festas todas no mesmo mês, sempre é mais seguro. O frio não puxa tanto...

 

Mas vamos agora analisar a origem do nosso (português) dia dos namorados, dia de são Valentim.

 

Na realidade encontrei não uma explicação, mas sim 3 possíveis, o que já por si, explica muita coisa!

 

Versão 1 - A Teresa Guilherme -  Quando estamos a celebrar o dia 14 de Fevereiro, estamos na realidade a celebrar o dia em que o bispo Valentim foi executado, no ano de 270.

O imperador Cláudio II acreditava que os jovens que não tivessem família, ou esposa, iam alistar-se com maior facilidade e dedicação, tendo por esse motivo proibido os casamentos. No fundo uma espécie de troika, só que a troika só tirou o dinheiro ao pessoal não proibiu nada, mas o efeito prático foi o mesmo. Perante isto o bispo Valentim mandou o senhor imperador, com todo o respeito, pastar(!) e continuou a ser a Teresa Guilherme de serviço. Conclusão, alguma senhora ou senhor mal amado foi fazer queixinhas e prenderam o bispo. Foi condenado à morte e executado no dia 14 de Fevereiro.

 

Versão 2 - Os Bons velhos tempos - O dia 14 de Fevereiro marca o período da lupercais, festa anual celebrada na Roma antiga em honra à deusa Juno e ao deus Pan. Um dos rituais deste festival era, e preparem-se para esta parte romântica, a passeata da fertilidade, em que os sacerdotes caminhavam pela cidade batendo em todas as mulheres com correias de couro de cabra para assegurar a fecundidade. De realçar que as senhoras iam propositadamente para as filas para receberem a dita "bênção do Benfica quando perde".

Ahh...que nostalgia agora...Digam-me lá como é que se perdem estes bons velhos costumes? Não era bem mais bonito isto que andar a oferecer bombons?

 

Versão 3 - O Chico esperto - na Idade Média, dizia-se que o dia 14 de Fevereiro era o primeiro dia de acasalamento dos pássaros. Por isso, os namorados da Idade Média usavam esta ocasião para deixar mensagens de amor na soleira da porta do(a) amado(a). Na sua forma moderna, a tradição surgiu em 1840, nos Estados Unidos, depois do senhor mais esperto lá do sítio, Esther Howland, ter percebido o esquema e ter vendido 5 mil dólares em cartões do Dia dos Namorados! Desde aí, a tradição de enviar cartões continuou e foi aumentando cada vez mais, e no século XX espalhou-se por todo o mundo. Afinal o amor é que traz o dinheiro e não o contrário! Avisem a senhora Melania Trump por favor!

 

E pronto, conclusão?

Ou ficamos pelo senhor que deu a vida para juntar pessoas, ou pelo festival do açoite e porrada que inspirou as 50 sombras de Grey ou pelo senhor que fez disto negócio e de todos os outros que o seguiram cheios de amor, mas ao dinheiro, até aos dias de hoje... 

 

Enfim...Escolham vocês a versão que gostarem mais.

 

Afinal de contas eu só sei que hoje é dia de Liga dos Campeões!

 

Bora lá Benfica! 

 

P.A.



Seg | 13.02.17

Em Banho Maria #2 - Trump

P.A

Maria viste isto?

Esta malta só gosta de coisas assim!

Enfim...Que fazemos?

Mais?

Então e temas? A malta sugere?

 

Vamos lá ver...

 

Se nos acompanham, já devem saber que a seriedade, a rigidez e a total ausência de brincadeira é algo que prezamos muito para estes lados.

Ironia? Sarcasmo? Podem ir dar os dois uma volta ao bilhar grande! Não são bem-vindos.

Vamos lá mostrar a realidade tal como ela é ou, neste caso, como a Maria acha que é. 

Será, obviamente, neste registo de profissionalismo que iremos navegar no nosso tema de hoje:

 

O senhor Donald.

Não o pato, o Trump.

 

Vamos lá a isto:

 

P.A: Olá Maria, sê muito bem-vinda. 

Maria: Obrigada P.A.

P.A: Quero que saibas que é um privilégio receber-te aqui, mais uma vez, em minha casa. Peço só que da próxima vez te vistas de forma mais apropriada! É que eu estou aqui a tentar fazer o meu trabalho, se faz favor!

Maria: Mas eu estou de gola alta e calças até ao tornozelo!

P.A: Exactamente. Isto não é nenhuma igreja que eu saiba!

Maria: O_O

P.A: Bom, agora que te deixei mais confortável, podemos começar.

Maria: ....

 

P.A: Optei por começar já com a pergunta mais complexa que preparei para hoje sobre o tema Trump. Preparada?

Maria: A mais complexa? Já? Sem aquecimento? Bom, vá lá...

P.A: Maria... Se o Trump tivesse gripe....

Maria: Sim...

P.A: Eras a favor da eutanásia?

MariaO_O

Maria: Bem...eu sou a favor da Eutanásia para quem a queira por em prática. No caso dele sou a favor de Suicídio.

Para além disso, já que ele é tão fã de armas, porque não experimentá-las no próprio?

P.A: Porque isso já seria ele a "armar-se" em bom! Coisa que ele nunca faz!

Maria: ....

P.A: Maria, se o Trump se chamasse Maria, olhavas-te ao espelho?

Maria: Olhava sim. E pensava: ali está uma Maria que nunca chegará aos pés Desta (No, really, it’s true)

P.A: Humm acho que vou tentar outra abordagem...Se uma foca bebé fofinha com fome se chamasse Trump, davas-lhe comida?

MariaSim, coitadinha da foca. Quanto mais peixe comem, menos sobra para mim (brrr)
P.A: Certo...só pelo peixe. Percebo. Por falar em peixe...Se visses um senhor na rua com o trump de fora, avisavas?

MariaNão estaria a olhar…  
P.A: E se estivermos a falar de um trump pelo joelho, mais ou menos?

MariaChamar-se-ia Obama, pela certa!

P.A: Ah, deve ser por isso que elas gostam tanto do Obama Care.

Maria: O_O

 

P.A: Maria, se o meu P.A significar Poder Absoluto, ou seja, Trump, continuamos com isto dos banhos maria? 

MariaClaro que sim, mal podia esperar por transformar esse PA em Peneirento Acabado!           

P.A: Deves querer Porrada Afoita, também!

MariaPronto mestre... estava só a testar a sua Paciência Absoluta... Perdão mestre...

P.A: ....

 

(Aviso: as pessoas mais sensíveis devem ter especial cuidado ao ler a próxima questão, tentem não imaginar, por favor.)
 

P.A: Maria, já imaginaste como será o Trump....só com a penugem dourada visível? Ou seja, sem roupa?

MariaNão, credo. Quem iria querer imaginar isso?...para ter pesadelos?

P.A: Mas tenta imaginar agora. Que vês?

MariaNão vejo nada. Sabes que sou meio toupeirinha.

A minha capacidade de visão não permite focar algo tão pequeno. E acredito piamente que seja algo ao nível do átomo, caso contrário como se obteria um ego tão grande?

P.A: Gostei do facto de teres usado a expressão "piamente"! Dado estarmos a falar de pintos átomos.

Maria: O_O
P.A: Imagina agora que para o Trump desaparecer, tinhas de estar intimamente com ele e realizar todos os seus fetiches.

Era America First, ou Pisga-te Maria? 

Mariapisga-te Maria Bolt Mota Lopes (entre outros apelidos de atletas famosos)

P.A: e o futuro do mundo?

Maria: de uma forma ou de outra para mim acabava ali!



P.A: Obrigado Maria. Uma última pergunta, O que dizem as tuas axilas?

MariaQue querem o Verão Já, taditas, padecem de claustrofobia!
P.A: No entanto, o meio ambiente agradece...

Maria: Disseste alguma coisa P.A? Não consegui perceber...

P.A: É quando o meio aquece!  

Maria: Ah sim! É por isso mesmo!

P.A: Pois é...

 

(desligam o som)

 

P.A: Maria, vi toda a gente a falar deste senhor, destaques no sapo, na televisão, enfim, por todo o lado. Claro que também quis fazer perguntas para não parecer mal...Se calhar até me consegues ajudar...

É colega do Ronaldo?

Maria: O_O

 

 

trump.jpg

 

 P.A.



Sex | 10.02.17

Quando um homem entra num WC feminino

P.A

Caríssimos,

 

Principalmente as caríssimas neste caso.

 

Hoje vou falar de um exemplo que dei por mim a pensar noutro dia enquanto estava na casa de banho. Sim, verdade! Pela qualidade dos meus posts, já deviam ter percebido!

Cheguei então à conclusão que nunca fui a uma casa de banho feminina. Não que me falte curiosidade mas... se há coisa que goste de manter limpa é a folha do meu cadastro...

Já para não falar da ideia nada agradável que tenho de como um rapaz é recebido neste ambiente hostil para pessoas com testosterona!

 

Basicamente comparo esta experiência a uma entrada numa gruta plena de morcegos famintos!

Calma! Não vos estou a chamar Batgirls com fome! O que do meu ponto de vista até pode ser visto como um elogio, já que acho a personagem bastante sexy! Faminta então...

 

Bem! Mas prosseguindo!

 

Para perceberem melhor a ideia peço só que se tentem colocar, por momentos, nos olhos de um rapaz que acaba de empurrar, em slow motion, a porta de um WC Feminino:

 

Assim que a porta se abre ligeiramente e vimos o primeiro raio de cabelo de uma senhora, somos automaticamente recebidos por uma espécie de super poder de morcego! Nem vimos ainda nada, só um fio de cabelo, mas estamos já a sofrer perante um efeito sonoro gritante altamente agudo!

Quando finalmente a porta se abre por completo, percebemos que são na realidade 5 senhoras! Estando já todas elas de goela bem aberta a produzir um som conjunto impossível de descrever sem partir aqui algumas teclas!!

 

Tentamos então dar um passo na direcção delas! Assim que nos aproximamos o tom sobe uma nota! Como dói! Sofremos! Perdemos inclusivamente a mobilidade da perna esquerda, mas continuamos! Com o nosso aproximar, as senhoras apercebem-se que a sua arma de defesa não está a ser suficiente e assumem a segunda arma de defesa de morcego, a entrada em pânico de bater as asas por todo o lado!!

Umas contra as outras!! Outras contra os espelhos, contra portas! Vale tudo! No entanto, não param de gritar! Continuando sempre a descarregar aquele grito em coro na nossa direcção! 

Cada vez se torna mais impossível aguentar e quando estamos mesmo a chegar ao pé de uma senhora, perdemos totalmente a força e ajoelhamos!!

Numa última tentativa desesperada esticamos o braço na direcção dela! Quase que lhe tocamos num cabelo!

Mas em vão...

Caímos totalmente.

Perdemos todo o nosso sentido auditivo, o som parou....e quando pensamos que podemos recuperar, sentimos finalmente o cheiro defecário típico de uma gruta de morcegos...

 

Foi o golpe final.

 

E só íamos mudar o papel higiénico... 

 

P.A.

 

(Deve ser por isso que não existem homens com esta profissão...) 



Qui | 09.02.17

Os 5 tipos de pessoas com guarda-chuva

P.A

Caríssimos,

 

Eu faço parte daquelas pessoas que vão a pé para o trabalho.

Dou-vos agora alguns instantes para poderem digerir esta informação em condições.

...

...

Tudo ok?

Mas não é mesmo ao lado ok? Ainda são uns belos 2.5 km de caminhada!

Eu sei...só conseguem imaginar agora o P.A. como uma das vítimas dignas de um filme da saga SAW não é? Mas pronto, ida e volta já são 5 km!

Já é qualquer coisa...

Posto isto, nestes últimos dias e dada a precipitação constante que se tem verificado, pude analisar atentamente 5 tipos de "guarda-chuvistas" distintos!

 

Vejam lá se foram apresentados a algum ou se já o encarnaram alguma vez:

 

1 - O Chuck Norris - Começamos com o mais corajoso, forte, imponente, robusto e selvagem guarda-chuvista. Aquele senhor(a) que embora esteja a chover torrencialmente, segura firmemente o guarda-chuva na sua mão direita.

Fechado. 

 

2 - O flexível - Aqui temos aquele artista de circo. Não é palhaço, mas baloiça-se todo. É aquela pessoa que mesmo que não seja preciso anda aos S's com o chapéu quase como se estivesse a meio da dança do lago do cisnes, só que sem a graciosidade do ballet. Numa alusão ao filme Matrix, seria uma espécie daqueles famosos desvios de balas, mas em tempo real.(só que sem balas, bem...na realidade ninguém sabe do que este senhor(a) se desvia.)

 

3 - O "a-vento-reiro" (sim está mal escrito) - Aquela pessoa que por mais chapéus que acabe por estragar, nunca, mas nunca se apercebe quando está contra o vento e, como tal, convinha virar a porcaria do chapéu! São, desta lista, os mais fáceis de identificar uma vez que andam com o topo do chapéu sempre em forma de U.

Dependendo das distâncias percorridas, podem conter já um pequeno lago/ecossistema no topo.

 

4 - Os assassinos - Estes são matreiros. São os que transformam o chapéu numa arma branca. Embora se apresentem inicialmente como os flexíveis do ponto 2, e pensemos que estão apenas a tentar não se molhar e a desviar das balas do Matrix, acabam por fazer tremendas razias aos nossos olhos, chegando muitas vezes a acertar-nos com aquelas pontas assassinas.

Normalmente, as pontas dos chapéus destes senhores, contêm, em média, restos de 326 mil ADN's distintos.

 

5 - Os casmurros - Por fim, os casmurros. Estes não deixam virar o chapéu como os "a-vento-reiros", mas são aquelas pessoas que embora tenham o chapéu aberto, não se apercebem que ou o vento mudou ou que a chuva está a bater de outra forma. Como tal, apenas a sua testa está seca! No entanto continuam com o chapéu no exacto mesmo ângulo todo o restante caminho. Ah, tão bom!

Normalmente são aqueles que quando chegam a casa dizem:

"Não preciso de chapéu para nada! Chiça! Que porcaria! Bem que disse que não valia o euro quando o comprei à entrada do metro! Olha para isto, estou todo encharcado!"

 

 

Percebem agora como ir a pé para o trabalho é uma grande desvantagem?

 

Até pode ser perigoso...

 

P.A.



Qua | 08.02.17

A sério? Isto resulta mesmo meninas?

P.A

Caríssimos,

 

Estava eu em mais uma divagação espiritual profunda, como quem diz, a ver um filme no Netflix, quando vejo uma senhora que se derrete perante a seguinte frase do marido, acabado de entrar em casa:

"Descobri que afinal é a ti que eu amo!" - Toca a música e beijam-se.

A sério??

Isto resulta?

Como?

É que não se aproveita nada desta frase!

 

Ok ok! Eu sei que é um texto! Estamos a falar de ficção e que estão ali os realizadores, os cameras, tudo. Mas epá, já é uma frase recorrente nestas matérias e neste caso até estou a falar de uma argumentista!

É que se fosse um homem, até podia ser só aquele jeito tipicamente masculino de escrever "à bruta" como recuperar a amada. Mas, neste caso, nem havia esse álibi.

 

É que vejam bem isto, até vos proponho a analisar esta "frase romântica" por partes:

 

Descobri - uma descoberta? ou seja, até àquele momento, só lá ia a casa porque tinha Sportv, agora é que descobriu o amor!

 

Afinal - Isto normalmente é para nos referirmos a uma antítese. Ou seja, afinal isto era o oposto do que pensava, como quem diz "afinal o que sentia por ti não era nem nojo, nem desprezo, mesmo quando te fechava na arrecadação quando não tinhas o jantar pronto a horas, afinal é amor!" - que garanhão este senhor!

 

Amo-te -  É aquela expressão que nunca se deve meter ao barulho com "Descobri", "Afinal" ou "Apenas aos domingos".

Aliás, deve ser deixada bem sozinha que é como fica melhor. (e mesmo sozinha, deve ser dita, preferencialmente, apenas à amada e não àquela, nada engraçada, amiga dela!)

 

Portanto, a não ser que isto seja a teoria de que tudo negativo dá positivo, não estou a ver como aquela senhora pode ter cedido em apenas 2 segundos. Ou isso, ou ele beija bem.

 

Ou então deve ser aquele maldito pacote de 6 outra vez!

 

Treina P.A, treina!

 

P.A.



Ter | 07.02.17

"Estou para ver o que vais fazer de novo neste Dia dos Namorados!"

P.A

Amigo. Fizeste asneira não foi?

Ela está chateada porque sem querer olhaste para a vizinha do terceiro andar, logo quando ela se baixou para apanhar o saco das compras, não foi?

Ai amigo amigo. E agora?

Se eu te falar em dia dos namorados até te arrepias ainda mais porque nem te estavas a lembrar disso, não é?

Pois é rapaz. Também eu!

 

E o pior de tudo é que o dia está aí mesmo à porta!

 

Estamos em Janeiro, mês seguro, tudo fofinho, simpático, amoroso, muito ainda no rescaldo do Natal e passagem de ano. Perfeito.

Mal vira para Fevereiro, até parece que o olhar delas muda!

Uma espécie de "Estou para ver o que vais para aí fazer de novo neste Dia dos Namorados!" enquanto esfregam as mãos lentamente... e só depois voltam ao normal e falam o que iam para falar...

 

13 dias disto por ano...apre!

 

São Valentim, o meu "sincero" obrigado! Meu e de todas as lojas que forram a montra de tal forma que chego a duvidar se de uma clínica de cardiologia se trata ou se, por acaso, até vendem outros artigos que não corações.

Amigo, eu não sei o que é que vais fazer, mas como eu sou um rapaz porreiro, este ano tive duas ideias fantásticas!

Uma para ti, outra para mim!

A minha não posso dizer aqui, se não aquela senhora que falei há pouco, a que esfrega as mãos, descobre e a magia desaparece...

 

A tua, vê lá o que te parece esta descrição: 

  • Podes encomendar online, que te levam a casa, ela nem está à espera!
  • Podes escolher uma imagem à tua escolha ou algo que eles já tenham feito, que eles reproduzem!
  • Já foram reconhecidos, numa espécie de óscares da especialidade, com o óscar de melhor artista!
  • E por último... Elas adoram, mas adoram vê-lo e também babam por ele!

 

Calma, não estou a falar de Brad Pitts ao domicílio!

É algo muito, mas muito mais fofinho que se derrete tal como elas vão derreter!

 

Falo dos fantásticos Bolos, Bolachas, Cupcakes e Popcakes Decorados da Pims Cake Design!

 

 

 

                                         13445c4aea481f728cfa7359a2588de5ff1137d.jpg       

 (imagens retiradas da página de facebook da PIMS)

 

 

Aposto que as raparigas que estão a ler isto já suspiraram algumas vezes...

Ei...psst.. vocês! Meninas!

Eu falei para o rapaz, mas se acham que ele não se mexe para fazer isto, façam vocês e escolham uma bonecada a brincar com a temática! A imaginação é o limite!

 

Ora vejam a imagem que vou mandar para eles :

 

camaValentim.jpg

(imagem retirada da internet) 

 

"Ah mas eu não ligo nada a essa coisa do dia dos namorados" dizem...

  

Felizmente tenho outra boa notícia...estão abertos o ano inteiro!

 

Ah! E digam que vão pelo P.A! (Preço de Amigo)

 

P.A.



Seg | 06.02.17

Em Banho Maria

P.A

Caríssimos,

 

Querem algo novo para enfrentarem as segundas-feiras??

 

Hoje tenho, (temos!) esta novidade para vos dar.

A Maria (para quem não conhece é uma grande maluca aqui dos blogs do sapo) passou-se da cabeça e resolveu estragar toda a sua boa reputação e aliar-se a mim numa brincadeira a que chamei "fofinhamente" de "Em Banho Maria". (Atenção, não confundir com as rubricas de banhos do Raminhos...)

 

Basicamente ela aceitou responder a algumas perguntas minhas, sendo que, caso gostem da ideia, podemos vir a repetir com temas reais.

Como devem imaginar, tendo este livre passe, É ÓBVIO que não vou facilitar...

 

Mas por agora, para começar, resolvemos contemplar-vos com uma brincadeira primeiro. Se gostarem, para a semana teremos já um tema específico e até podem sugerir vocês temas que queiram ver aqui esmiuçados. Prometo que a vou envergonhar!

 

Afinal...Ela disse livre passe!!

 

Vamos lá a isto:

 

P.A: Olá Maria, sê muito bem-vinda. 

Maria: Obrigada P.A.

P.A: Quero que saibas que é um privilégio receber-te aqui, em minha casa. Peço só que pares de te baloiçar na cadeira, que essa porcaria ainda foi cara, se faz favor!

Maria: O_O

P.A: Bom, agora que te deixei mais confortável, podemos começar.

Maria: ....

 

P.A: Imagina que estás em casa e recebes uma sms de alguém, teu colega, que diz o seguinte: Olá Maria, queres vir lanchar aqui a casa, conversar um pouco? Tenho a "lareira acesa.". 

MariaEpá esta é difícil de contrariar... Não consigo imaginar nada que não seja "OK, bora lá".
P.A: Muito bem. Então imagina agora que chegas a casa do rapaz, ele abre a porta, mas reparas logo que ele se "esqueceu" de abotoar os botões todos da camisa. Além disso, quando finalmente olhas para a cara, reparas que ele tem o antebraço de um brócolo, preso entre dentes, os da frente. Que fazes?
Mariabrrr, assim fica difícil... Hmm, está a fazer charme, de camisa aberta ou é só desleixado? Definitivamente desleixado com aquele brócolo assustador nos dentes. De forma meio subtil, meio atrapalhada faço-lhe sinal para tirar o dito dos dentes
P.A: O rapaz tenta tirar rapidamente, mas ainda fica com um pouco. E como ficou meio atrapalhado, começa por te perguntar, (ainda com o antebraço pendurado) "Então gostas da minha camisa nova?" enquanto, qual pavão, enche o peito de ar.
MariaDiria algo como: Desculpa interromper, é melhor veres num espelho. Continuas com uma horta na boca. Sim, é gira. (a camisa, mas não dou a mínima importância) 
P.A: O rapaz, sem dizer uma única palavra, levanta-se bruscamente e vai directo à casa de banho! Passam 5 minutos e nem um som. Que fazes?
 
Maria: Agarro no tlm e vejo as estatísticas do blog seguido de jogatana no Candy Crush 
P.A: Passam 30 minutos..
MariaCandy crush
P.A:1 hora?
MariaCandy crush
P.A:1 hora e 1 minuto???
Maria: Fico preocupada, vou ver o que se passa!
 
P.A: Chegas e encontras o rapaz destroçado, debruçado no bidé. Chora como uma criança!
Maria: Pergunto de imediato se se magoou, se precisa de ajuda.
P.A: Ele começa a chorar mais ainda!
Maria: Olh'agora! Passo-lhe a mão pelo cabelo e pego no queixo para rodar a cara para mim. ao ver que está tudo bem pergunto se aquilo foi fita por causa do brócolo. Se foi questiono se acha que é preciso fazer um drama de algo que pode ser resolvido com fita dentária!
P.A: Ele sorri para ti, limpa o rosto e diz meio a soluçar "Tens razão... estou nervoso...é..é...é.. a minha primeira vez..."
Maria: Ok, também não sou experiente nestas andanças, mas não ando a chorar pelos cantos. Vá lá, faz-te homem!
 
P.A: Estou bastante esclarecido. Obrigado.
Maria: A sério? Nem dei pelo tempo passar.
P.A: Sim, era mesmo só isto que queria saber...Só uma última pergunta: A que cheiram os teus olhos?
MariaEsta é fácil: "A Mustela (produtos de bebé) tal não é a inocência que transmitem :D"
P.A: O_O


(Desligam o som...)
 
P.A: Só um aparte. Sobre a nossa conversa antes da entrevista...Já saiu o brócolo todo dos meus dentes?
Maria: NÃO!!!

 

 

E assim foi a minha primeira vez....

A entrevistar...

 

P.A

 

(E também consegui pôr alguém a chorar! Incha Daniel!)



Sex | 03.02.17

Como os rapazes lêem as noticias mais femininas

P.A

Caríssimos,

 

Este post vem no seguimento desta notícia.

 

Claro que percebo que a notícia em si é orientada para o público feminino, mas tive de espreitar pela fechadura... não aguentei e acabei mesmo por ler.

Nem sempre foi assim para mim. Os rapazes, se não se adaptarem, sofrem bastante a ler artigos deste calibre. 

Mas como já me adaptei a ler artigos tipicamente femininos mas numa óptica masculina, mais positiva da coisa, não foi assim tão mau.

 

Como assim?

Simples.

 

Dou-vos um exemplo da minha estratégia:

 

Artigo normal

 

"Os dias que precedem à ovulação e o próprio dia da ovulação são os períodos mais férteis e devido a isso as hipóteses de engravidar são mais elevadas, pois no ciclo menstrual é o intervalo de tempo em que há maior probabilidade de engravidar."

(texto retirado do artigo que referi)

 

Como o rapaz normalmente lê

 

"Os dias que precedem à ovulação e o próprio dia da ovulação são os períodos mais férteis e devido a isso as hipóteses de engravidar são mais elevadas, pois no ciclo menstrual é o intervalo de tempo em que há maior probabilidade de engravidar."

 

Quase que dá para sentir o pânico alheio, não dá?

Percebem agora porque a maior parte dos rapazes foge de ler estas coisas, não percebem?

 

 

Como o P.A. se adaptou a ler

 

"Os dias que precedem à ovulação e o próprio dia da ovulação são os períodos mais férteis em trabalho para fazer na empresa e devido a isso as hipóteses de engravidar são mais reduzidas, pois no ciclo menstrual é o intervalo de tempo em que há maior probabilidade de o homem chegar tarde e cansado a casa e com aquela dor de cabeça."

 

 

E o rapaz até aprende!!

 

 

P.A.

 

 

 

 



Qui | 02.02.17

O Informático - Quando somos apresentados a raparigas

P.A

 

"Outra vez a história do informático? Irra!"

 

Desculpem lá, mas tem de ser!

Ainda há muita coisa a ser dita e hoje, para ajudar, até vos trago algo bem ilustrativo desta minha nova história.

 

Acho que agora sim, vão perceber o sofrimento que vos tenho vindo a falar nos últimos posts dedicados a esta temática.

A mensagem vai finalmente passar!

 

Vamos lá recuar aos tempos de caloiro. Em particular para a semana do caloiro, sempre rica em comida de qualidade e bebidas à base de chá, água e leite com chocolate.

Cerveja? Não conheço.

 

Durante a festa, no meio desta multidão toda, surgem, naturalmente, as primeira apresentações entre grupos. E é aqui que a história de hoje começa.

Para efeitos práticos vamos encarnar agora a vida do caloiro informático. Estamos ali no nosso grupo a acabar o leite UCAL, mas a ficar já meio mal dispostos com as misturas malucas da noite. Tínhamos bebido Bongo 8 frutos antes.

Eis que um colega nosso do secundário, (que foi esperto e entrou em química) nos chama ao longe para irmos ter com ele.

Vamos, por educação.

No caminho começamos a tirar as medidas ao grupo de destino. "Um rapaz e 4 raparigas...Ok, estamos com sorte...Ui, caramba! São mesmo engraçadas!"

Finalmente chegamos, e mesmo antes de começar a falar, o nosso colega antecipa-se e diz:

"Olhem este é o P.A, meu colega do secundário, anda cá na Faculdade também!"

Noto entusiasmo em algumas raparigas. Entusiasmo-me também!!

Até que a rapariga que me pareceu mais entusiasmada pergunta: "Então P.A. que estudas?"

Pronto. Todos nós trememos...

Claro que 80% das vezes que tal acontecia, eu acordava no instante seguinte! Era apenas um pesadelo!

Exacto, a rapariga não existia...

Mas ali era real! Estava mesmo a acontecer...

 

Então mas porque estás assim tão nervoso P.A? Perguntam vocês?

 

Muito simples...Porque assim que acabamos de terminar a palavra "Informática", já os olhos da rapariga perderam a sua cor, a sua alma acabara de se esconder atrás das suas costas, como se de uma espécie de visão do inferno se tratasse. Muitas vezes a rapariga nem conseguia evitar e soltava um ligeiro e seco "Ah...." seguido de um silêncio comprometedor...

 

E nós ali...completamente derrotados...

O entusiasmo esfumou-se.

Já nem me olham nos olhos. Falam inclusivamente de um tio-avô que ligou inesperadamente a uma e, por isso, têm de ir todas embora.

"Devem ser todas primas então! ah ah ah", digo eu.

 

Mas já não ouvem... 

 

Estou de rastos...sozinho...

 

Venha mais um UCAL se faz favor!!! Duplo!

 

 

 

 

P.A.



Qua | 01.02.17

O homem perfeito para limpezas - Dizem elas

P.A

Caríssimos,

 

No seguimento do post É tudo uma questão de higiene em que o homem subitamente parecia começar a gostar bastante de limpar a casinha toda, recebi uns comentários muito interessantes por parte de algumas meninas!

 

Por forma a não vos desiludir, apresento-vos agora, segundo elas, uma espécie de versão do "homem perfeito", para as limpezas lá por casa.

Podem começar a esfregar as mãos meninas!

 

Eu, obviamente, não tenho este tipo de informação, pelo que tudo o que apresento aqui hoje, resulta de um longo processo de investigação e depois de muitos inquéritos preenchidos por elas.

Basicamente queria saber como poderíamos deixá-las ainda mais satisfeitas com a nossa prestação.

Nas limpezas, claro!

 

E não é que aprendi com as respostas? Tanto, que vou começar já treinar!

 

Coloquei então, nesses inquéritos, algumas questões das quais resultaram opiniões bastante unânimes...

 

Ora vejam lá se concordam:

 

Apresento-vos, primeiro, o pacote de 6 coisas que, segundo elas, eles não precisam de ter para ser o homem perfeito para limpezas:

 

Ele não precisa de...

  1. saber o que é uma swiffer
  2. saber usar uma esfregona
  3. limpar vidros (dos dois lados!)
  4. limpar os candeeiros (mesmo lá por cima, não é só a parte de baixo)
  5. limpar MESMO os cantos todos
  6. levantar as peças que estão no móvel e limpar por baixo

 

Terminado o pacote de 6 coisas opcionais, apresento agora, segundo elas, o pacote de 6 obrigatório:

 

Ele precisa de...

(basta clicarem) 

Pacote de 6 obrigatório

 

E pronto... é isto... 

 

Toca a treinar P.A!

 

Vamos lá limpar melhor a casa...

 

P.A.

 

(Não resistem a um "pacote de 6" ou se preferirem "six-pack"!  -  Aposto que suspiraram!!)



Pág. 2/2