Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A minha namorada apanhou o bouquet

Um local de paz e reflexão, mesmo tendo ela apanhado o bouquet.

A minha namorada apanhou o bouquet

Um local de paz e reflexão, mesmo tendo ela apanhado o bouquet.

Telemarketing ou Telenovela?

Eu sei, é um tema tão batido que já nenhuma seguradora o aceita como cliente.

Mas esta semana dedicaram-me tanto tempo, que seria até rude da minha parte eu não lhes devolver o mimo.

 

Caro operador, eu tentei tudo consigo. Tentei ser simpático para si porque sei que não é fácil ser aquela pessoa que só leva negas no secundário em idade adulta, tentei ser directo porque imagino que oiça já muitas histórias, ausente para não me chatear consigo, até que tive de ser bruto quando nenhuma das anteriores resultou e descobri que afinal deve gostar mesmo de ser aquela pessoa do secundário.

E mesmo assim, depois desta história toda tenho aqui outra chamada sua? Desculpe lá mas falhou a profissão, isto não é telemarketing é telenovela!

 

Ainda por cima a Joana da voz sexy e o seu pacote exclusivo do primeiro telefonema só me ligou uma vez, a marota. Eu que me aguentei firme e não dei logo o sim. Fiquei de pensar melhor no belo pacote dela e prontificou-se logo a ligar-me mais tarde. Rolou aquele clima e tudo. E que belo pacote era...

Assim foi. Toca segunda vez, tinha eu já treinado a voz, atendo, perfumado, penteado, confiante e quando estou prestes a dizer "Olá Joana..", apresenta-se um tal de Francisco de voz máscula. Olha, interessante, está a fazer-se de difícil a Joana.

Mas o que me partiu mesmo o coração foi saber que o tal pacote especial que a Joana me tinha prometido e que era exclusivo, afinal o Francisco não o oferece. 

Bandida da Joana.

Não se pode mesmo confiar em Joanas operadoras. Claro que fiquei chateado e já não comprei nada ao Francisco.

Desliguei. Voltaram-me a ligar mais 2 vezes. Fui forte e deixei a Joana sofrer. Estava arrependida pela certa. Era mais do que merecido.

 

Não fosse isto uma novela, à terceira atendi. Era agora uma Filipa. Mandou a amiga tirar nabos da púcara - esperta esta Joana.

Voltei a dizer, já ligeiramente cansado, que com tanta confusão e chamadas não estava interessado em pacote algum e não é que a Filipa me oferece o pacote igual ao da Joana? Grande melhor amiga! Sim senhor. A outra pede-lhe ajuda e esta faz-se logo ao P.A.

Enfim, Filipas operadoras também não, está visto.

Fui fiel, mantive o não.

 

Passados 30 minutos, e com tanta insistência, atendo novamente jurando que seria a última vez.

Era a Filipa novamente. E não é que ainda tentou melhorar o pacote dela?  Que dupla facada. Não me aguentei, tive de ser bruto!

Não se faz isto à melhor amiga! 

 

Agora tenho aqui outra chamada. Querem saber como resolver isto definitivamente quando nada mais resulta?

Já não há mais Joanas, Franciscos ou Filipas. Acaba logo a novela. 

 

Atendam e façam mute. 

"FIM"

 

 (imagem)

 

P.A


E fazer like na página do facebook, não?

Mensagens

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

25 comentários

Comentar post

Mais sobre mim

imagem de perfil

Queres mais conteúdo do bom? Segue-me no Bloglovin que eu depois digo-te onde.

Arquivo