Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

A minha namorada apanhou o bouquet

Um local de paz e reflexão, mesmo tendo ela apanhado o bouquet.

A minha namorada apanhou o bouquet

Um local de paz e reflexão, mesmo tendo ela apanhado o bouquet.

Eleições Autárquicas - Tesourinhos 2017

Diz-se por aí que uma boa imagem, um bom slogan, uma boa frase motivacional podem convencer alguns eleitores a mudar a sua intenção de voto. Diz-se. Será verdade?

 

A verdade é que com tanta freguesia em Portugal, torna-se realmente complicado garantir a sobrevivência de alguma "criatividade sloganística" por todo o território, mesmo que seja espaçada em intervalos de 4 anos. 

Mas o que me faz alguma confusão aqui é que toda esta escolha de slogans pareça mais uma espécie de sorteio de frases pré-feitas, como se juntassem todos os candidatos numa sala e, vez à vez, vão tirando a bola, não da sorte, mas do slogan político correspondente. Numa espécie de Lotaria de Slogan Autárquico, em que só temos direito a tirar uma bola.

 

Apresento-vos o primeiro sorteio, aberto a todos os candidatos:

Sorteio do "Slogan Autárquico em que basta pôr um verbo antes do nome da freguesia" de 2017:

 

"Senhor candidato à freguesia Calvos, retire por favor a sua bola" - exclama a senhora do bingo que faz sorteios de slogan políticos às quintas à noite.

 

Ele retira.

Ah bolas. Calhou a bola do slogan com o verbo "Continuar".

continuarCalvo.jpg

 

 

"Vá amigo, da próxima tens mais sorte no sorteio." - diz o colega de Leitões:

 

continuarLeitões.jpg

 

 

Mas nem só de retirar bolas é feito este sorteio. Existem algumas regras. Ora vejamos:

Se o nosso partido estiver actualmente em funções na nossa freguesia, então verbos como Mudar, Alterar, Rejuvenescer, Recriar, estão totalmente proibidos de extrair. Apenas o Continuar, Manter e Seguir se encontram no boião do sorteio. Já imaginaram o que seria se alguém arriscasse a querer mudar algo dentro da mesma cor política? O resultado imediato seria devastador. Começando pelo despedimento por justa causa do senhor dos boiões. Esse incompetente. Que não sabe distinguir, literalmente, a direita da esquerda.

 

Além deste sorteio, de verbos precedendo o nome da freguesia, existem outras categorias para os candidatos mais requintados:

 

Apresento-vos o segundo sorteio, aberto só a alguns candidatos de zonas mais "in":

O sorteio do "Slogan político da utilização da palavra "primeiro" " de 2017:

 

primeiro.png

Parabéns aos vencedores.

 

Existe também no meio destes sorteios uma bola preta, a do azar, que ninguém quer.

Este ano calhou a bola do mau gosto a Esposende:

 

bolapreta.jpg

 

 

Mas também temos casos positivos e de fair-play político que são sempre de louvar:

 

fairplay.jpg

Mas mesmo com esta sugestão de extremo fair-play de sugerir um "olhar em frente" para um rival, quero dar aqui um abraço especial ao Panda, que para mim é um forte candidato a Oeiras.

Sigo-te sempre na TV candidato Panda, obrigado por teres um canal que deve ser o único em que não é o Marcelo, o que aparece mais.

Parece que já estou a ver: "Oeiras a "Pandemónio" Mundial!

Peço desculpa, calhou-me a bola do trocadilho com património no sorteio. Tive azar.

 

E para terminar com chave de ouro, a bola dourada do sorteio, a mais desejada e que normalmente só está reservada para as grandes cidades portuguesas: o Slogan político temático da actualidade:

 

E o vencedor de 2017 do Slogan político temático da actualidade é?

 

salvadorsobralpelos2.png

O candidato Manuel Pizzaro!

Que embora fizesse mais sentido concorrer a "Calvo" e ser dono da bola "Continuar", apresenta-se aqui sortudo, com a bola "Salvador Sobral" e o seu "Fazer pelos Dois". Bravo Manuel!

12 Pontos para o Porto.

 

 

Bem, seja com sorteio ou não, muitas vezes a ideia que sobra, é que independente do slogan escolhido, o eleitor vota na mesma ou melhor, como tem vindo a ser hábito, abstém-se, e aqueles que sobram, que ainda votam, votam sempre na mesma cor, não é verdade? Eu gostaria de acreditar que não. Espero que não.

Mas seja esta espécie de facilitismo político, ou mesmo apenas falta de imaginação, os verdadeiros culpados do nascimento destas "abordagens sloganísticas", o que é certo é que eleições atrás de eleições, tesourinhos não faltam, tendo dado origem a uma página de facebook [onde fui capturar a inspiração e imagens que vos apresento aqui]. 

Vão lá dar uma espreitadela. E muitos mais tesourinhos vão encontrar.

 

E já agora cuidado com as correntes de ar. Não se constipem como este senhor:

 

santinho.jpg

 

Santinho!

 

P.A


E fazer like na página do facebook, não?

Mensagens

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Mais sobre mim

imagem de perfil

Queres mais conteúdo do bom? Segue-me no Bloglovin que eu depois digo-te onde.

Posts mais comentados

Arquivo