Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

A minha namorada apanhou o bouquet

A história de um rapaz e a namorada que apanhou o bouquet...

A minha namorada apanhou o bouquet

A história de um rapaz e a namorada que apanhou o bouquet...

A Bela e o Monstro em 2017

É verdade, está de volta um dos clássicos da Disney.

 

No entanto muita coisa mudou.

 

A magia de um filme da Disney começava mesmo antes de entrar na sala. Bastava procurar os pais que tinham uma criança pendurada a puxares-lhe o braço de forma irritante, e ao mesmo tempo uma cara de que "Eu até ia era ver o Instinto Fatal..." mas como era um pai/mãe altruísta, lá tinham de ir à sessão da bonecada. Outra vez.

Era fácil e sabia-se logo que filme ia aquela família feliz ver.

 

Mas agora não. Entrámos num novo ciclo. Aquelas crianças penduradas cresceram e são agora pais. Os pais que conhecem a Disney.

E o que vemos agora em casa?

O filho com o comando na mão a querer ver o The Walking Dead e o pai o Pinocchio.

 

Eu até acho bem. No caso de passarmos mesmo por um cenário pós-apocalíptico, na verdade, aprende-se mais com o Rick. O Gepeto que me desculpe, mas fazer bonecos de madeira não me permitia chegar vivo à sétima temporada.

 

Por isso, caros Pais, caras Mães...

Por favor deixem os vossos filhos ver o filme como os vossos pais, aborrecidos, vos deixaram.

Parem de vibrar por filmes da Disney. Não estraguem tudo.

Correm o risco de ao recordar velhas memórias não se controlarem e vibrarem em demasia, chorar, saltar ou pior, serem spoilersQue pai é bom pai se é spoiler para o seu filho? Pensem nisto.

 

Peço apenas um esforço adicional. Que se contenha nas salas de cinema e não incomode em demasia os seus filhos que também pagaram bilhete e não estão para aturar criancices. Para isso tinham ficado na escola.

Não chore. Não pela sua dignidade, mas para evitar que o seu filho, preocupado consigo, deixe de ver o filme. Está a pôr em risco a recepção da mensagem que você tão bem recebeu quando era mais novo.

E tudo graças aos vossos pais.

Rijos que nem uma porta, que apenas estavam interessados na esplêndida decoração do tecto do cinema São Jorge durante a estreia da Bela e o Monstro em 1992.

 

Vá, conto convosco, está bem?

 

Abraço.

 

P.A


E fazer like na página do facebook, não?

Sofre in Primavera 2017

Começou ontem e a horas.

 

É verdade, estamos em pleno estado Primaveril.

 

Alergias, borbulhas e tosses, tudo está a ser preparado com muito cuidado para receber mais uma edição do Sofre in Primavera 2017. Este ano num espaço totalmente remodelado, mais poluído como convém e com um cartaz de fazer inveja a outras estações do ano.

Apresentam-se como cabeça de cartaz nas primeiras semanas, os repetentes "Falta de Ar" que, tal como em edições anteriores, garantem muitos saltos fora de ritmo da cadeira e prometem um concerto de cortar a respiração ao som do novo álbum "Sem inspiração".

Os renovados "Conjuntivite" com a sua balada "Olhos de salmão" e os eternos "Acne" com o fantástico "Não rebentes que é pior" são as grandes apostas deste evento para os últimos dias. "Suores frios" e "Alguns Espirros" também vão marcar presença.

Para quem não aprecia este tipo de eventos, poderá optar ainda pela tenda alternativa, dedicada a assuntos menos temáticos, liderados pelos "Temos bons genes" e a sempre tocada "Nunca tive alergias" ou "Nem na adolescência tive borbulhas".

Os mais novos também não foram esquecidos e poderão encontrar por todo o complexo diversos insufláveis produzidos totalmente à base de pólen e pêlo de gato. 

 

Não deixe passar esta oportunidade! Venha e traga a família toda!

 

Participe já na edição deste ano do Sofre in Primavera!

 

Bilhetes à venda nas urgências do costume.

 

 (imagem)

 

P.A 

Este post foi totalmente patrocinado pelas alterações climáticas


E fazer like na página do facebook, não?

Em Banho Maria #7 - Quando conheces a tua cara metade

Caríssimos,

Por via do post da semana passada fiquei impedido de exercer o acto de entrevistar por 1 semana.

Terão sido as 40 chicotadas psicológicas que dei à Maria? Deveriam ter sido 41? É isso? Também não percebo...

A verdade é que recebi esta intimidação e a obrigação de pernoitar com direito a ver o sol às riscas e tudo... Não percebo, mas tenho de respeitar.

Aproveito para agradecer à Sofia.. Obrigado pela queixa!


Bom...esta semana depois de umas visitas da Maria à cadeia, chegámos a um acordo. Como já íamos falar da nossa cara metade ideal e o senhor da esquadra responsável pelos retratos robot e perfis é meu amigo, então será ele que tratará do post desta semana.

Boa sorte amigo!


Senhor da Esquadra amigo do P.A: Bom, o P.A disse-me que a Maria queria que eu a ajudasse a encontrar o homem ideal não é verdade?

Maria: Sim por favor Senhor da Esquadra amigo do PA, já fui banida do Tinder

Papagaio: Ora bom dia! Quem é que falou em “tinto”?

Maria: Lha'meste. Mas isto é um encontro de Sapos? Então, foste apanhado outra vez a fazer sexo na autoestrada??

Papagaio: O_O

P.A lá atrás, dentro da cadeia: Papagaio, por aqui?

Papagaio: Sim, parece que deixei cair penas em excesso na via pública...fizeram queixa...

P.A lá atrás, dentro da cadeia: Não me digas que foi a Sofia também?

Papagaio: Como é que sabias?

P.A lá atrás, dentro da cadeia: Não abro mais a boca. Ainda levo outro processo. Continuem, por favor...

Senhor da Esquadra amigo do P.A: Como é P.A? Faço também com o teu amigo papagaio?

P.A lá atrás, dentro da cadeia: Sim faz aos dois!

Papagaio: Que história é essa de "fazer aos dois"? "Fazer com o papagaio"?... vamos lá a ver essa história, que eu não sou tão progressista assim...mas isto é uma esquadra ou estamos em Amesterdão? Cada um no seu colchão, se faz favor!

Senhor da Esquadra amigo do P.A: O_O

P.A lá atrás, dentro da cadeia: |O_O|

Maria: Humm gostei...

 

Senhor da Esquadra amigo do P.A: Tenham lá calma... é só um retrato robot! Bom, vai cada um para uma sala agora que isto tem de ser individualmente como nos filmes. Primeiro as senhoras.


Senhor da Esquadra amigo do P.A: Maria, sente-se lá e diga-me então como é este homem ideal. Teria de ter o nariz de que forma?
Maria: hmmm. do lado de fora. fininho mas que se visse!
Senhor da Esquadra amigo do P.A: Ok...do lado de fora...interessante, e os olhos?
Maria: gosto de olhos meio afastados. um de cada lado da cara, tá a ver?
Senhor da Esquadra amigo do P.A: O P.A já me tinha falado do seu jeito já...e a cara? Diga-me lá...
Maria: quanto à cara não sou esquisita. também não vejo lá muito bem
Senhor da Esquadra amigo do P.A: Este desenho está a ficar perfeito.... E as orelhas?
Maria: tão pequenas que mal se vissem!
Senhor da Esquadra amigo do P.A: Para não ter de a ouvir certamente.. 

MariaO_O

Senhor da Esquadra amigo do P.A: e a boca?

Maria: a boca tem de ser notável!

Senhor da Esquadra amigo do P.A: Notável! Muito bem! Cada vez melhor! E pêlo na cara? Gosta de ver neles?
Marianão gosto muito de pêlos...
Senhor da Esquadra amigo do P.A: Obrigado Maria, já fiz um esboço, no fim apresento-lhe o resultado.
Maria: Sim por favor, Senhor da Esquadra amigo do PA. Vou já comprar um modelito para o futuro encontro!

 

Senhor da Esquadra amigo do P.A: Não sei como o P.A aguenta isto...Bem...vamos lá ver se o outro é mais normal ao menos...


Senhor da Esquadra amigo do P.A: Senhor Papagaio, então esta mulher ideal, diga-me, teria de ter o nariz de que forma?
Papagaio: Uma forma qualquer, desde que não seja a do Júlio Isidro…
Senhor da Esquadra amigo do P.A: Isto está bonito hoje...E os olhos?
Papagaio: Redondos, de preferência uma mulher que tenha olhos na cara… mas só de preferência.
Senhor da Esquadra amigo do P.A: 20 anos a trabalhar aqui...Nunca vi tal coisa.. E a cara? Surpreenda-me lá...Algum gosto especial?
Papagaio: Cara de pau, não! Cara de lata, também de preferência…
Senhor da Esquadra amigo do P.A: P.A ficas-me a dever um favor, mas daqueles! E as orelhas desta "senhora" seriam como?
Papagaio: De uma forma que dê para levar daqueles aparelhos da Acústica Médica… para quando eu tiver palavrões a dizer!
Senhor da Esquadra amigo do P.A: Ok, acho que é isto... E por acaso pêlo na cara? Gosta de ver nelas também?

Papagaio: Muito pêlo! Sabe, é que a mim raparam-me os pêlos há pouco tempo, ando com falta deles… por acaso não tem aí nada que se arranje, não?

Senhor da Esquadra amigo do P.A: Olhe pêlo não se arranja, mas ali no chuveiro ao lado da cela do P.A temos lá sabonetes se quiser...

Bom.. Só me está a faltar a boca, alguma boca que goste mais?

Papagaio: Essa pergunta é muito… coiso… ó Sr. da Esquadra amigo do P.A. e conhecido da M.B… afinal quando é que chega às maminhas? Olhe que esse é um elemento fulcral… sem elas eu não vivo!

Senhor da Esquadra amigo do P.A: Erm...Olhe muito obrigado Senhor Papagaio, já fiz um esboço, dê-me 5 minutos e apresento-lhe o resultado.

Papagaio: Quê? Já acabou? Então, e as maminhas? Chame lá o seu superior, se faz favor! Isto não se admite! É um escândalo!!! Pêlos, cara, olhos… só tretas! O retrato está incompleto!!! Reclamo justiça! Então e os glúteos, as coxas, a padar…o bumbum? As nalgas? Ó da guarda!

 

(5 minutos e um Xanax de alpista depois...)

 

Senhor da Esquadra amigo do P.A: Cara senhora Maria, belo modelito sim senhor, espero que esteja à altura do perfil do retrato do seu homem ideal:

Homem Ideal para a Maria 

 

Senhor da Esquadra amigo do P.A: Caro senhor Papagaio, vejo que já passou o efeito todo do Xanax, já dá às penas e tudo, pegue lá nisto e veja lá se o perfil do retrato da sua mulher ideal não está mesmo no ponto:

 

Mulher Ideal para o Papagaio

 

Maria: O_O 

Papagaio: O_O 

 

P.A lá atrás, dentro da cadeia: E viveram felizes para sempre!

 

Senhor da Esquadra amigo do P.A: Está calado pá! A Sofia pode ler isto! Queres apanhar mais uma semana??

 

 

 

P.A


E fazer like na página do facebook, não?

Arrenda-se T2 para 3D

Caríssimos,

 

Como hoje é sexta-feira trago algo mais light para chegarem bem dispostos ao fim de semana: Um anúncio a um produto revolucionário.

Espero que vos convença tanto a vós quanto a mim.

 

Amigo,

 

És filho único? Desde criança que brincas ao espelho para não te sentires só?

Não tens muitos amigos? No Natal a única mensagem que recebes é do teu outro número?

Não tens namorada e ainda choras a ver o Bambi?

Vives sozinho? O ponto alto da tua rotina caseira é ouvir os vizinhos a fazerem as pazes?

Foste barrado no Urban? A sério?? ahahah

Perdão... Já apanhaste porteiros mal dispostos?

Gostavas de ter aquela companhia lá em casa, mas não gostas de ter de apanhar o cocó do gato ou do cão? Mandas a bola e acabas por ser sempre tu a ir buscar?

 

Esquece todos estes problemas! Até mesmo aquele do Urban! ahahah

Perdão..

 

Agora já podes ter as "pessoas" que quiseres lá em casa o tempo que quiseres.

 

Só precisas de comprar uma fantástica impressora 3D e a seguir vir aqui ao catálogo! Tudo em tamanho real!

Que maravilha!

 

Já agora, sendo este o meu centésimo post, acham que devo mandar imprimir um avôzinho para pôr aqui no sofá?

 

Se calhar não, depois só vê bola...

 

P.A.


E fazer like na página do facebook, não?

Spoilerfobia

Por favor, tenha calma.

 

Diga-me, o que vem a ser este clima que agora não se pode comentar nada do que se vê na televisão?

Então e se eu lhe disser que no último episódio do The Walking Dead, o Rick vai ficar maneta? Pode descansar, não fica.

Ou se disser que o John Snow afinal é uma Joana Neves? não ponho as mãos no fogo.

Ou pior! E se eu disser que até gostei do fim do Lost? não consigo mentir, foi horrível.

 

Bom, se estivesse a ter esta conversa na rua... neste momento estaria já a analisar, provavelmente sem a dentição completa, qual o sabor da calçada, por via da fúria de um transeunte que passava e, para meu azar, me ouviu falar. 

 

Mas que se passa consigo, amigo?

 

Antes de me dar outro robusto mimo, peço que me oiça agora se faz favor.

 

Antigamente isto não era assim. Até gostávamos que, quando não víamos algo, nos contassem.

Não tínhamos 7 dias de gravações para recuar.

Não havia a oferta de cinema de hoje em dia.

Não tínhamos streams.

Não existiam (tantos) canais de cabo.

Não havia netflix.

Nada!

Mesmo com os clubes de vídeo, que faleceram entretanto no meio deste processo todo, a caixa do VHS estava sempre vazia e o filme já estava reservado...

Estávamos invariavelmente condenados ao que o senhor todo poderoso da RTP, SIC ou TVI decidia colocar no ar, fosse a que horas fosse. E se quando ligássemos a TV já o filme ia a meio, era a partir dali que o víamos, orgulhosos por ainda termos chegado relativamente a tempo. Tudo na esperança de, eventualmente, quando repetissem o filme daí a um ano ou 10, conseguirmos finalmente terminar aquele ciclo e recuperar a história anterior.

 

No fundo, antigamente era tudo uma espécie de puzzle. Até os miúdos na escola contavam cada um o seu spoiler e no fim do intervalo tinham o filme completo.

O Spoiler era útil. Funcional. E estimulava as crianças.

Cada um tinha o seu cromo, juntavam-se, e no fim tínhamos a caderneta cheia. Trabalho de equipa. Missão cumprida.

Viram todos o filme, não vendo.

 

E agora?  Como é?

 

Agora?

 

Agora tenho de consultar o meu dentista.

 

 

P.A

 

(E o Dexter, viu aquele fim miserável no camião?)


E fazer like na página do facebook, não?

Podes tratar-me por tu...

Caríssimos,

 

Hoje vou contar-vos uma história.

Desde criança que sempre tratei as pessoas mais velhas por você. Foi um tique que ficou mesmo colado na alma. Quando dou por mim, já tratei a outra pessoa por você. Culpa de quem? Da minha avó, claro.

Graças a ela desenvolvi esta forma de racismo etário.

O meu inconsciente aplicava automaticamente o filtro certo e quando dava início às cordas vocais, já a conjugação do verbo vinha de acordo com a análise etária prévia.

Nem precisava de pensar.

Em criança tudo bem, era tudo mais velho do que eu. Passava bem.

Era um pirralho irritante mas ao menos conjugava os verbos de forma educada.

Uma espécie de "Ide passear, oh filho de uma meretriz" - Pode irritar na mesma, mas como tem alguma educação, as pessoas aceitam melhor.

 

Há uns anitos atrás, fui a um jantar.

Desse jantar de 20 pessoas, conhecia apenas 3 e como falhei redondamente a pontualidade nesse dia, fiquei a jantar num anexo de uma mesa de pessoas desconhecidas. Bem feita, diga-se.

Conclusão? Há que quebrar o gelo.

São nestes momentos em que jogamos no desconhecido que ligamos o nosso piloto automático.

Agora vejam bem onde isso me levou.

Das 5 pessoas que habitavam na mesa da qual eu era anexo, 3 eram raparigas. Uma delas estava grávida.

Começo a falar com uma, ela facilita, trata-me por tu. Resolvido.

Junta-se a segunda à conversa - tu. Resolvido

Brinde, rapazes, malta - tu e tu. Resolvido

Faltava a rapariga grávida...

 

Bom vamos lá!

 

Começo a falar e não é que a porcaria do filtro me fez dizer um você!

"Podes-me tratar por tu" - responde ela.

Obrigado avó - penso.

5 segundos depois volto a tratar por você. Estava indignado comigo mesmo!

Então a rapariga por estar grávida, por estar na iminência de vir a ser mãe, activa-me assim o filtro? Que magia é esta que penso as coisas de uma forma, mas quando as digo sai doutra? Ai avó avó que punhas tu na Cerelac...

Resolvo então lutar contra mim mesmo e expor o problema abertamente.

A rapariga grávida ri-se e percebe o meu dilema!

Ufa até correu bem isto! Penso eu.

Só que a seguir faz-me a seguinte pergunta:

"Nasceste mesmo em que ano P.A?"

Respondo prontamente com ar jovial!

Ao que recebo de volta:

 

"Sou um ano mais nova que tu..."

 

Curei-me avó.(<-- cliquem!)

 

P.A.


E fazer like na página do facebook, não?

Ala que se faz tarde!

Amigo,

 

Eu não o conheço, mas tenho de lhe agradecer hoje. Graças a si, senti-me um rebelde, um verdadeiro fora da lei.

Senti-me uma bicicleta na auto-estrada.

Eu já ando rápido, mas a sua pressa e ânsia eram tais que quando me ultrapassou no passeio, pensei que tinha o meu pé furado ou algum problema com o pulmão direito. Se não tivesse acabado de tomar o pequeno-almoço, diria que precisaria de atestar.

Mas não.

A máquina estava boa, o depósito meio cheio e a velocidade era a normal.

Estava tudo bem.

 

Então que raio de aditivos anda aquele senhor a tomar? Sem chumbo é de certeza e gasóleo não bate assim.

Ainda por mais estamos a falar de um senhor Ford Transit contra um jovem descapotável P.A...

 

Aproveito os poucos segundos que me restam para tentar perceber que magia seria aquela.

Parece-me tudo normal.

Até que olho para a mão direita do senhor.

Ele está a segurar qualquer coisa...

 

Não é um foguete.

Não é um avião.

Também não é o super homem se é isso que estavam à espera.

 

Mas é algo muito, mas muito mais potente,  algo que deixa qualquer homem em pânico se for visto na rua com tal coisa:

 

Um ramo de rosas.

 

 (imagem)

 

P.A.


E fazer like na página do facebook, não?

Parabéns Maria!

Caríssimos,

 

Peço desculpa.

Eu sei! Não é normal eu aparecer por estas bandas ao dia de hoje... É domingo e venho para aqui chatear!  

A malta só quer ronha e não está para isto...

 

Mas tenho um bom motivo! Não vão já embora!


Hoje é um domingo diferente. 

Não podia deixar passar este dia sem dedicar um post a uma das pessoas que mais tem sofrido neste meu espaço!

 

Parabéns grande (no sentido de seres fixe, não gorda) Maria!

Que seja um dia em grande (no sentido de ser bom dia, não que te esteja a chamar gorda outra vez) rapariga!!

Que estejas com quem mais gostas neste dia especial (especial de ser bom, não que tenhas algum problema)!

Que esta data fique marcada para sempre!

(estou a falar emocionalmente, não que pense que vais comer tanto hoje que nunca mais te vais esquecer!)

 

 Parabéns Maria!

 

 

P:A:  Ah e deita-te cedo!! Amanhã temos "Em Banho Maria" e não quero cá atrasos se faz favor!

Maria: O_O

 

Se ainda não foram ao cantinho dela, vão lá ver!

 

Por fim! Aproveito também para destacar um post no ponto, do nosso amigo Papagaio que faz uma apresentação 5 estrelas da Maria! 

 

E até amanhã!

 

P.A.

 

SEM ATRASOS MARIA!!


E fazer like na página do facebook, não?

O Bidé

Olá!

Provavelmente nunca pensou na sua vida em ler sobre bidés?

Compreendo. Eu também não.

 

No entanto, trata-se de algo imperativo para mim.

 

E não, não sou da Roca ou Sanitana.

Não lhe quero vender nada. Antes pelo contrário.

 

Mas já parou para pensar um pouco?

 

Já imaginou por um instante o que é ser a sanita que não estudou?

 

Ou um lavatório anão? Meia leca?

Ou até mesmo o filho com problemas, resultado de um amor impossível entre uma banheira e uma sanita?

 

Consegue imaginar?

 

E além de tudo isto, estar ainda toda a sua vida no mesmo espaço fechado, a conviver diariamente com aquela perfeição toda que lhe escapou?

 

Pois é.

Não é fácil.

 

Além do bullying laboral diário que está sujeito pelos seus colegas de divisão acresce ainda o facto de ser aquele que raramente é olhado quando está em exposição.

Nunca terá ouvido alguém exclamar,"Que lindo bidé!" ou "Este bidé ficava mesmo bem na nossa casa de banho, Manel!".

Não. Nunca é destacado.

Assiste impávido e sereno a todos os elogios a que é alheio. Até mesmo na sua compra, nunca sente que é por mérito, é como se de uma compra solidária se tratasse que depois até se pode descontar no IRS.

No meio desta vida de dor emocional constante, os seus olhos brilham finalmente quando alguém pergunta:

"Olha, tens bidé?"

Mas logo de seguida:

"Que desperdício de espaço...Para que é que isto serve?" - terminam qualquer esperança de felicidade.

A porta fecha. Todas as outras loiças riem.

E o bidé chora.

Principalmente se a torneira estiver mal apertada...

 

Por isso bidé, 

Não te uso.

Não sei para que serves.

Bonito não és.

 

Mas estou contigo.

Nunca irei ferir os teus sentimentos.

 

Se bem que agora há uma mangueirinha que se usa em vez do bi...Nunca irei ferir os teus sentimentos.

 

426031237_190397_12506158844465139502.jpg

 

 

P.A 


E fazer like na página do facebook, não?

O problema do peso delas...

Caríssimos,

 

É mito.

O peso delas não importa para nada, ora vejam:

 

Quer ela pese 45 ou 100, à noite, ocupa sempre a cama toda na mesma.

Quer ela pese 200 ou 250, a cama parte na mesma.

Quer ela pese 30 ou 35, é pedofilia na mesma.

Quer ela pese 45 ou 450, ela vai achar que está gorda na mesma.

 

E o homem? O que acha o homem?

Para o homem não interessa quanto pesam meninas. A sério.

Na realidade quer elas tenham 45 ou 450, a rapariga só é considerada gorda se estiver a dar a Champions e ela ficar à frente da TV...

 

E com razão...

 

P.A.


E fazer like na página do facebook, não?

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Mensagens

Mais sobre mim

imagem de perfil

Queres mais conteúdo do bom? Segue-me no Bloglovin que eu depois digo-te onde.

Arquivo