Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

A minha namorada apanhou o bouquet

Um local de paz e reflexão, mesmo tendo ela apanhado o bouquet.

A minha namorada apanhou o bouquet

Um local de paz e reflexão, mesmo tendo ela apanhado o bouquet.

SmartJogos

Belo trocadilho multi-linguístico ali no título hein?

 

Bom...

 

Que coisa fantástica esta de um telemóvel correr jogos que envergonhariam a minha simpática Mega Drive 2. (quem tem menos de 25 anos consulte aqui, por favor.)

Mas esta nova rotina do fácil acesso ao jogo também pode alterar as nossas vidas.

Eu dou por mim a ir voluntariamente à segurança social só para poder ter finalmente tempo para acabar o enigma impossível do nível 21.

E quando estou mesmo aflito, que aquele anormal do Hugo já me passou no score outra vez, até digo à rapariga que apanhou o bouquet, que o que gostava mesmo de fazer num sábado à tarde era ir ver as últimas novidades Primavera-Verão da Primark. Duas vezes.

E como os olhos dela brilham!

Duas vezes!

 

Na realidade, o segredo para uma relação feliz é encontrar um smarphone com bateria suficiente para aguentar o tempo que ela está nas compras. 

Só precisam de enquadrar os tempos mortos do jogo, com os que ela pergunta "E esta fica-me melhor?" De resto, ela não vai notar que estamos autênticos Corcundas de Smartdame a tarde toda.

 

 Imagem

 

Um coisa é certa, quem inventou isto de certeza que estava com palpitações à espera da madame numa Zara qualquer... 

 

Ou isso ou pernoitou ali nas Finanças.

 

E sim já te passei Hugo.

Este fim de semana és tu quem vai ao shopping. 

 

P.A



Por favor, não me trate por senhor

Diga-me, por favor, o que se passa.

 

Explique-me lá porque motivo o jovem que há em mim passou a ser ignorado?

Explique-me o porquê de no outro dia, na rua, uma rapariga da minha idade que sofre de procriação precoce, se dirigir ao seu filho com: "Tem cuidado João, deixa o senhor passar!"

Senhor? Tem idade para ter andado a brincar ao bate o pé comigo na primária, e agora é o senhor? 

Por favor não me faça isto, tenha cuidado quando usa esta expressão, apele ao bom dia alheio e diga algo como "rapaz", "jovem", ou no meu caso "esbelto". Basta, percebo logo que é para mim e o esbelto não me ofende.

 

Perceba uma coisa...

 

Lá porque declaro IRS não quer dizer que não goste de ver o Dragon Ball Z na mesma.

Ou lá porque sei o que é um crédito habitação, ou qual a melhor taxa de juro do mercado, não quer dizer que não goste de receber novamente o Fifa este Natal.

A Cerelac a mesma coisa.

É uma questão de coerência. De personalidade forte. Não de idade.

Sou um rapaz de gostos fixos pronto. 

Mas não sou o único.

 

Olhe o José Raposo por exemplo. Aos 26 anos disse que gostava de raparigas de 26 anos, hoje, aos 54, ainda mantém.

  

P.A.



Sou um tigre lá em casa

Caríssimos,

 

Estou eu muito sossegado atrás do computador, na tentativa de parecer invisível para ela, numa espécie de "pode ser que ela já não se lembre que era eu a lavar a loiça hoje" quando ela pára subitamente o que está a fazer na cozinha.

Eu noto, mas nem arrisco desviar o olhar. Mantenho-me ali imóvel como se de um tigre em pleno acto de caça se tratasse.

Nem um som meu ela vai ouvir!

Aguardo que seja algo passageiro.

Sinto que me olha, imóvel também.

Mas não posso ceder. Já sei que se olhar, estou condenado.

Mantenho a minha. Sou um tigre, penso.

O impasse mantém-se mais alguns segundos até que ela desiste e se vira novamente para a cozinha.

Que adrenalina!! Sinto alívio instantâneo! O meu corpo volta finalmente ao estado normal.

 

O tigre foi mais uma vez superior.

 

Até que oiço:

"A cozinha já está livre para ti!"

 

O tigre perdeu.

 

 (imagem)

 

 

P.A.



Neste Carnaval eu trabalho...

Caríssimos,

 

Eu hoje falo de barriga cheia, sem problemas e satisfeito com a vida!

Tão bom! Felizmente estou em segurança.

O meu profundo lamento a quem é azarado e teve o dia de folga hoje. 

 

Profundo lamento pois não estão seguros. Soltos no dia mais perigoso do ano? Não obrigado.

 

Gosto bem mais assim, rodeado de pessoas que também cá estão, de sorriso rasgado, igualmente satisfeitas e a respirar segurança por se sentirem protegidas pela sua profissão. Assim vale a pena! 

 

E tudo isto para nos protegerem da folia carnavalesca!

 

Aproveito para vos perguntar uma coisa.

 

Vocês sabem qual é o verdadeiro problema do After-party de Carnaval?

 

O After..... Parto!

 

Ah tão bom vir trabalhar hoje... E não estar sujeito a:

 

Uma ressaca para o resto da vida...

Uma esposa hormonalmente modificada para sempre...

Um filho que nos destrona nos jogos de computador...

Ou uma filha que nos manipula descaradamente para ir às compras à Zara com as amigas!

 

E a pior de todas:

Infinitas, prolongadas e duras...Viagens ao Urban...

 

E só de recolha...

 

(até me arrepiei agora)

 

Obrigado entidade patronal! O meu sincero obrigado! 

 

P.A.



Quando uma rapariga entra no WC masculino

Caríssimos,

 

Na semana passada falei-vos de uma ideia que tive enquanto estava na casa de banho. Já foram muitas não é? Estou a falar da que vos mostrava a minha fantasia de entrar num WC feminino!

Fantasia vá... pesadelo...

 

Pois bem...

 

Acontece que mal escrevi esse post, ficou claro para mim que teria de fazer a versão oposta. Até para percebermos e medirmos algumas diferenças entre os sexos, seja em questões de hospitalidade, pânico, amizade ou até mesmo companheirismo!

 

Se vos comparei a batgirls famintas! Hoje chegou a vez dos rapazes serem comparados também, mas já lá vamos.

 

Como conheço o comportamento em grupo dos machos num WC, peço que se coloquem neste momento nos olhos de uma rapariga que abre a porta, em slow motion, do WC masculino:

A porta vai abrindo lentamente e ao contrário do esperado, até ao momento, ninguém reparou que estava alguém ali à porta, nem muito menos que de uma rapariga se tratava! A porta continua a abrir e nada. As três pessoas lá dentro continuam na sua, ora a lavar as mãos ou a pentear, ou até mesmo no acto mais higiénico masculino, o acto de sacudir.

Assim que a porta bate na parede...

o primeiro rapaz dá logo sinal:

O rapaz pára e foca de imediato a rapariga. A rapariga até dá um salto atrás! Percebe que foi vista.

O rapaz continua a olhar para ela. No entanto parece ter ficado numa espécie de transe! Deixou de fazer o que estava a fazer e ficou simplesmente imóvel de olhos focados nela! Os outros machos reparam neste comportamento anormal e apercebem-se que algo está errado! Vão aparecendo que nem pipocas a saltar! De vários cantos! Afinal não eram só 3!

 

 

A casa de banho começa a encher-se cada vez mais! Um atrás do outro! Aparecem de cada canto, a rapariga não sabe o que fazer! Inclusivamente os que estavam mais ocupados e de costas para a porta estão agora de olhos bem postos nela:

 

 

A rapariga meio atrapalhada tenta ignorar todo aquele comportamento colectivo e decide avançar, dá um passo... dá dois... olhando sempre em frente para não fazer eye contact com nenhum deles.. eis que quando finalmente olha, já não eram 2, ou 5 ou 7!!

O WC tinha enchido completamente!

 

 

A rapariga assustada tenta ignorar aquele exército de machos imóveis e mudos e chega finalmente ao rolo de papel higiénico que ia mudar. Tenta despachar-se o mais rápido que consegue, e da mesma forma que começa, acaba! Corre rapidamente para a saída e quando chega à porta, numa última vez, meio sem querer, olha para trás:

 

Continuam em grupo numa espécie de transe colectivo, imóveis, mudos, apenas com o olhar na direcção dela.

 

Ela fecha a porta. Respira fundo...está a salvo.

 

E lá dentro?

 

Lá dentro? Volta finalmente tudo ao normal... As suricatas desaparecem dando lugar novamente a humanos, volta-se a pentear, volta-se a lavar as mãos, volta-se a sacudir...

 

P.A.



A culpa é sempre do Informático!

Caríssimos,

 

É verdade, mais uma vez me vejo obrigado a falar deste tema...

Já sabem que isto mexe sempre comigo mas prometo que vou tentar não me exacerbar tanto como das outras vezes.

 

Depois do alerta que vos trouxe relativamente ao primeiro choque que uma pessoa, habituada à vida social do secundário, apanha quando, de repente, tem no ecrã a página das colocações do ensino superior a seguinte mensagem:

 "Foi colocado em cascos de rolha! Parabéns! Além de ti e 300 rapazes, entraram 2 raparigas. Felicidades!"

 

Ou mesmo depois de vos ter mostrado como sofre um embrião informático, quando, perto de raparigas do curso de Química, tem de responder à pergunta: "Então e tu? Que estudas?"

 

Mesmo depois disto tudo, ainda faltava mais este caso...

 

Ora vejam lá...

 

Um senhor tem a sua vida. Está casado. Cria uma rotina. Tudo bem até aqui.

A certa altura, nessa rotina, decide passar a incluir uma paragem ou mais paragens extra, daquelas que se "enfiam" entre a saída do trabalho e a chegada à casa da esposa.

Para o senhor parece que está tudo bem. Continua com esta nova rotina.

 

O tempo vai passando...

 

Até que um dia acontece ISTO!

 

 

E A CULPA É DO INFORMÁTICO???

 

Irra!!! Já me exacerbei outra vez com isto!!

 

Respira P.A....

 

Então esta parte, fico mesmo em brasa:

"O meu cliente foi vítima de um bug na aplicação", disse à AFP David-André Darmon, o advogado do queixoso. "Um bug que causou problemas na vida pessoal".

 

Olha agora foi o bug que lhe causou problemas...O bug deu a morada da outra senhora ao motorista e pediu ao motorista para o levar até lá?

O bug também paga jantares? E oferece prendas?

Parece ser um gajo porreiro esse bug!

 

Deve ser daí que vem a expressão "buga nisso malta!"

 

É que esta coisa do bug... qualquer dia a malta compra uma app para desligar cameras de vigilância num raio. Vai e assalta o banco. Depois é apanhada e processam a empresa! A culpa é do bug que não desligou bem as cameras! Aqueles estupores!

 

Portanto, o que aprendemos afinal hoje por aqui caríssimos?

A ter sempre, mas sempre um amigo informático por perto!

 

Sim, é uma espécie de colete salva-vidas, não vá a coisa azedar para o nosso lado...

 

É que em caso de problemas a culpa é do..

 

Bem.. vocês já sabem a resposta...

 

P.A.



Cuidado a quem dás os teus dados...

Caríssimos,

 

O post de hoje é um alerta!

Exagerei e sofri as consequências dos meus actos. Sou culpado. Admito!

Aprendam comigo e não cometam os mesmos erros, ok?

 

Bem... 

 

Tudo começou quando resolvi fazer o post sobre O que ias fazer neste dia dos namorados. Fui sincero, mostrei uma óptima hipótese e de facto aquele pessoal da PIMS é mesmo impecável!

Mas o problema veio depois...

Ingenuamente acabei por dar os meus dados à PIMS, pensava eu que era algo rotineiro, por terem gostado do post que fiz. Mas não!

Não é que na véspera do dia dos Namorados me tocam à porta com esta encomenda suspeita?

 

IMG_1134r.JPG

         IMG_1149r.JPG  IMG_1143r.JPG

IMG_1139r.JPG

 

 

 

Já viram esta falta de consideração?

Uma pessoa não pede nada...E é assim incomodada?

Está bem que não fui cauteloso...

Mas já não há respeito!

Temos mesmo de ter muito cuidado a quem damos os nossos dados...

 

Felizmente quer eu quer a outra personagem deste blog, aquela pessoa que apanhou o bouquet, somos pessoas de bem e somente por sermos pessoas educadas, é que optámos por não fazer qualquer tipo de queixa! Mas deste post não se livram!

 

E este mesmo post nada teve a ver com termos adorado tudo! NADA!

 

Deixo aqui o meu alerta para quando lidam com pessoas que gostam realmente do que fazem. Por favor tenham cuidado. É que neste caso ainda gostam de mimar as pessoas que apreciam o seu trabalho! Tive azar.

Na realidade bem vistas as coisas parece que deixa de ser trabalho e passa a ser algo mais... com mensagem e sentimento!

Mas o pior de tudo, como podem ver pelas imagens, é podermos ver este nível todo de cuidado, dedicação e mimo!

 

Aquele P da embalagem é o do meu P.A! Um escândalo!

 

Felizmente existem poucas pessoas assim!

E ainda bem! 

 

Traduzindo...

 

Obrigado PIMS!!! =)

Safaram-me neste dia dos Namorados! (e de que maneira! acho que consegui ficar livre do lava-loiça por 2 semanas ahahah)

Só por isso são já os maiores!

 

Rapazes não peçam o pacote de dia dos namorados da PIMS não! Ou não aproveitem agora quando ela fizer anos! Deixem-se estar!

Fiquem aí a lavar loiça que é melhor!

 

P.A.

 

(E já sabem, vão pelo P.A! - Preço de Amigo!)



A verdadeira origem do dia dos Namorados!

Caríssimos,

 

Se não têm televisão, internet, namorada, namorado ou não vivem neste mundo, se calhar não sabem, mas hoje é dia dos namorados.

 

Mas, alguma vez pararam para pensar de onde é que apareceu isto tudo?

 

Como é que de um dia para o outro chovem corações em todas as lojas? E nem se fala de colesterol?

Ou quem é o senhor Valentim e o que fazia? Seria ele um empresário da noite bem sucedido? Ou seria simplesmente o porteiro?

Ou até mesmo porque é que em Portugal se celebra no dia 14 de Fevereiro, mas no Brasil é dia 12 de Junho?

O Pedro Álvares Cabral, mesmo enganado, não demorou tanto tempo a dar com aquilo!

 

Enfim, esta sucessão de histórias mal contadas que ninguém questiona fez-me ir à procura de algumas respostas.

E existem umas fantásticas. Tenho 3 para vos mostrar.

 

Mas em primeiro lugar, deixem-me dizer que percebo perfeitamente a alteração de dias de Portugal para o Brasil.

Devia ser bonito, juntar o carnaval brasileiro e dia de namorados! Ainda por mais com aquele calor todo lá em baixo (geograficamente falando, claro) nesta altura do ano!  Assim, sendo em Junho sempre dá para levar o parceiro caçado em Fevereiro e a malta já pode voltar a estar solteira em Fevereiro outra vez. É tudo uma questão de logística amorosa. 

Por cá, como estamos de inverno, podemos juntar as festas todas no mesmo mês, sempre é mais seguro. O frio não puxa tanto...

 

Mas vamos agora analisar a origem do nosso (português) dia dos namorados, dia de são Valentim.

 

Na realidade encontrei não uma explicação, mas sim 3 possíveis, o que já por si, explica muita coisa!

 

Versão 1 - A Teresa Guilherme -  Quando estamos a celebrar o dia 14 de Fevereiro, estamos na realidade a celebrar o dia em que o bispo Valentim foi executado, no ano de 270.

O imperador Cláudio II acreditava que os jovens que não tivessem família, ou esposa, iam alistar-se com maior facilidade e dedicação, tendo por esse motivo proibido os casamentos. No fundo uma espécie de troika, só que a troika só tirou o dinheiro ao pessoal não proibiu nada, mas o efeito prático foi o mesmo. Perante isto o bispo Valentim mandou o senhor imperador, com todo o respeito, pastar(!) e continuou a ser a Teresa Guilherme de serviço. Conclusão, alguma senhora ou senhor mal amado foi fazer queixinhas e prenderam o bispo. Foi condenado à morte e executado no dia 14 de Fevereiro.

 

Versão 2 - Os Bons velhos tempos - O dia 14 de Fevereiro marca o período da lupercais, festa anual celebrada na Roma antiga em honra à deusa Juno e ao deus Pan. Um dos rituais deste festival era, e preparem-se para esta parte romântica, a passeata da fertilidade, em que os sacerdotes caminhavam pela cidade batendo em todas as mulheres com correias de couro de cabra para assegurar a fecundidade. De realçar que as senhoras iam propositadamente para as filas para receberem a dita "bênção do Benfica quando perde".

Ahh...que nostalgia agora...Digam-me lá como é que se perdem estes bons velhos costumes? Não era bem mais bonito isto que andar a oferecer bombons?

 

Versão 3 - O Chico esperto - na Idade Média, dizia-se que o dia 14 de Fevereiro era o primeiro dia de acasalamento dos pássaros. Por isso, os namorados da Idade Média usavam esta ocasião para deixar mensagens de amor na soleira da porta do(a) amado(a). Na sua forma moderna, a tradição surgiu em 1840, nos Estados Unidos, depois do senhor mais esperto lá do sítio, Esther Howland, ter percebido o esquema e ter vendido 5 mil dólares em cartões do Dia dos Namorados! Desde aí, a tradição de enviar cartões continuou e foi aumentando cada vez mais, e no século XX espalhou-se por todo o mundo. Afinal o amor é que traz o dinheiro e não o contrário! Avisem a senhora Melania Trump por favor!

 

E pronto, conclusão?

Ou ficamos pelo senhor que deu a vida para juntar pessoas, ou pelo festival do açoite e porrada que inspirou as 50 sombras de Grey ou pelo senhor que fez disto negócio e de todos os outros que o seguiram cheios de amor, mas ao dinheiro, até aos dias de hoje... 

 

Enfim...Escolham vocês a versão que gostarem mais.

 

Afinal de contas eu só sei que hoje é dia de Liga dos Campeões!

 

Bora lá Benfica! 

 

P.A.



A sério? Isto resulta mesmo meninas?

Caríssimos,

 

Estava eu em mais uma divagação espiritual profunda, como quem diz, a ver um filme no Netflix, quando vejo uma senhora que se derrete perante a seguinte frase do marido, acabado de entrar em casa:

"Descobri que afinal é a ti que eu amo!" - Toca a música e beijam-se.

A sério??

Isto resulta?

Como?

É que não se aproveita nada desta frase!

 

Ok ok! Eu sei que é um texto! Estamos a falar de ficção e que estão ali os realizadores, os cameras, tudo. Mas epá, já é uma frase recorrente nestas matérias e neste caso até estou a falar de uma argumentista!

É que se fosse um homem, até podia ser só aquele jeito tipicamente masculino de escrever "à bruta" como recuperar a amada. Mas, neste caso, nem havia esse álibi.

 

É que vejam bem isto, até vos proponho a analisar esta "frase romântica" por partes:

 

Descobri - uma descoberta? ou seja, até àquele momento, só lá ia a casa porque tinha Sportv, agora é que descobriu o amor!

 

Afinal - Isto normalmente é para nos referirmos a uma antítese. Ou seja, afinal isto era o oposto do que pensava, como quem diz "afinal o que sentia por ti não era nem nojo, nem desprezo, mesmo quando te fechava na arrecadação quando não tinhas o jantar pronto a horas, afinal é amor!" - que garanhão este senhor!

 

Amo-te -  É aquela expressão que nunca se deve meter ao barulho com "Descobri", "Afinal" ou "Apenas aos domingos".

Aliás, deve ser deixada bem sozinha que é como fica melhor. (e mesmo sozinha, deve ser dita, preferencialmente, apenas à amada e não àquela, nada engraçada, amiga dela!)

 

Portanto, a não ser que isto seja a teoria de que tudo negativo dá positivo, não estou a ver como aquela senhora pode ter cedido em apenas 2 segundos. Ou isso, ou ele beija bem.

 

Ou então deve ser aquele maldito pacote de 6 outra vez!

 

Treina P.A, treina!

 

P.A.



"Estou para ver o que vais fazer de novo neste Dia dos Namorados!"

Amigo. Fizeste asneira não foi?

Ela está chateada porque sem querer olhaste para a vizinha do terceiro andar, logo quando ela se baixou para apanhar o saco das compras, não foi?

Ai amigo amigo. E agora?

Se eu te falar em dia dos namorados até te arrepias ainda mais porque nem te estavas a lembrar disso, não é?

Pois é rapaz. Também eu!

 

E o pior de tudo é que o dia está aí mesmo à porta!

 

Estamos em Janeiro, mês seguro, tudo fofinho, simpático, amoroso, muito ainda no rescaldo do Natal e passagem de ano. Perfeito.

Mal vira para Fevereiro, até parece que o olhar delas muda!

Uma espécie de "Estou para ver o que vais para aí fazer de novo neste Dia dos Namorados!" enquanto esfregam as mãos lentamente... e só depois voltam ao normal e falam o que iam para falar...

 

13 dias disto por ano...apre!

 

São Valentim, o meu "sincero" obrigado! Meu e de todas as lojas que forram a montra de tal forma que chego a duvidar se de uma clínica de cardiologia se trata ou se, por acaso, até vendem outros artigos que não corações.

Amigo, eu não sei o que é que vais fazer, mas como eu sou um rapaz porreiro, este ano tive duas ideias fantásticas!

Uma para ti, outra para mim!

A minha não posso dizer aqui, se não aquela senhora que falei há pouco, a que esfrega as mãos, descobre e a magia desaparece...

 

A tua, vê lá o que te parece esta descrição: 

  • Podes encomendar online, que te levam a casa, ela nem está à espera!
  • Podes escolher uma imagem à tua escolha ou algo que eles já tenham feito, que eles reproduzem!
  • Já foram reconhecidos, numa espécie de óscares da especialidade, com o óscar de melhor artista!
  • E por último... Elas adoram, mas adoram vê-lo e também babam por ele!

 

Calma, não estou a falar de Brad Pitts ao domicílio!

É algo muito, mas muito mais fofinho que se derrete tal como elas vão derreter!

 

Falo dos fantásticos Bolos, Bolachas, Cupcakes e Popcakes Decorados da Pims Cake Design!

 

 

 

                                         13445c4aea481f728cfa7359a2588de5ff1137d.jpg       

 (imagens retiradas da página de facebook da PIMS)

 

 

Aposto que as raparigas que estão a ler isto já suspiraram algumas vezes...

Ei...psst.. vocês! Meninas!

Eu falei para o rapaz, mas se acham que ele não se mexe para fazer isto, façam vocês e escolham uma bonecada a brincar com a temática! A imaginação é o limite!

 

Ora vejam a imagem que vou mandar para eles :

 

camaValentim.jpg

(imagem retirada da internet) 

 

"Ah mas eu não ligo nada a essa coisa do dia dos namorados" dizem...

  

Felizmente tenho outra boa notícia...estão abertos o ano inteiro!

 

Ah! E digam que vão pelo P.A! (Preço de Amigo)

 

P.A.



Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Mensagens

Mais sobre mim

imagem de perfil

Queres mais conteúdo do bom? Segue-me no Bloglovin que eu depois digo-te onde.

Arquivo