Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A minha namorada apanhou o bouquet

A história de um rapaz e a namorada que apanhou o bouquet...

A minha namorada apanhou o bouquet

A história de um rapaz e a namorada que apanhou o bouquet...

Quer saber como vai ser o seu Natal? O Professor De A, explica.

Olá caro amigo ou cara amiga,

 

Seja muito bem-vindo ou bem-vinda à minha tenda de previsões.

 

Chegámos a mais uma Quinta-Feira, o dia da consulta do vosso certeiro Professor de A, aquele que não está aqui para enganar ninguém: eu.

 

Aquele dia em que este Blog muda para algo sério, científico e sem qualquer tipo de sátira escondida. (ironia)

 

Prevejo todo o tipo de assuntos a partir de qualquer indicador. A prova do meu dom, esteve bem evidente na passada semana, onde consegui prever como iria estar o tempo para todos os habitantes de Lisboa, utilizando apenas, e repito, apenas, o site do IPMA para o efeito. Algo que nunca tinha sido feito na história das previsões.

Fiquei bastante agradado, não surpreendido, com o feedback que recebi.

Prova disso são os relatos de agradecimento das nossas caras amigas Chic'ana, MariaLoulou e Mamã Silvestre em como estavam, efectivamente, melhor preparadas para os problemas da última quinta-feira.   

No entanto, deu para perceber que nem todos os meus clientes confiam ainda na totalidade nas minhas previsões, uma vez que descobri que a nossa cara amiga Sofia, acabou mesmo por enfrentar a tempestade que eu tinha previsto, tendo por isso sofrido as respectivas consequências.

Felizmente tudo acabou em bem, mas espero que numa próxima confie mais no seu Professor de A. Levar só aquele chapéu para a tempestade, foi uma acto arriscado, cara amiga.

 

Seguindo a temática desta semana, a previsão de hoje será Natalícia, ou seja, referente ao dia de Natal.

No entanto, não pensem que vou voltar a prever com base no IPMA. Desenganem-se. Não vos faria isso.

Fui lá ver e ainda não tem o dia disponível em detalhe...

 

Vamos então começar. Peço que se sente, por favor.

 

Pedia-lhe para fechar os olhos, mas depois não lia.

 

Vamos lá...

 

Como se trata de um dia ainda futuro, posso começar a prever o dia de Natal logo a partir das 0 horas.

Vejo aqui o seu começo. Frio, muito frio.

Provavelmente alguma prenda que não terá gostado, ou ausência de alguma prenda que contava, ou então por lhe ter calhado a pior posta de bacalhau da consoada. Agasalhe-se. Nem que seja com as meias que lhe acabaram de oferecer, ou com alguma peça de roupa oferecida que, claro, é 2 números acima do seu.

Mas agasalhe-se mesmo, pelo menos até por volta das 12/13 horas. Vejo aqui a chegada daquela canja quente, ou perú assado, ou até mesmo cabrito.

Este aumento de temperatura irá durar até que ainda tenha sobremesas na mesa ou com o aproximar das 20 horas. A partir deste horário vejo aqui, na minha bola, o aparecimento de vestuário já bastante usado.

Creio que será uma referência ao prato "roupa velha" que é servido no jantar de Natal.

Efectivamente, será motivo suficiente para resfriar novamente, por isso não descarte logo as meias e a roupa larga.

 

 

natalDia.jpg

 

 

 

Espero ter ajudado, mais uma vez.

 

Isto se a a previsão do próprio Google para o dia de Natal, em Lisboa, estiver correcta.

 

E sem vos querer enganar, Bom Natal.

 

Aquele abraço,

Professor de A


E fazer like na página do facebook, não?

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Mensagens

18 comentários

Comentar post

Mais sobre mim

imagem de perfil

Queres mais conteúdo do bom? Segue-me no Bloglovin que eu depois digo-te onde.

Arquivo