Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A minha namorada apanhou o bouquet

Um local de paz e reflexão, mesmo tendo ela apanhado o bouquet.

A minha namorada apanhou o bouquet

Um local de paz e reflexão, mesmo tendo ela apanhado o bouquet.

Quando a Justiça mais parece uma sessão de Stand-up Comedy

Um homem no Texas deslocou-se ao banco, com a esposa, e quando chegou a sua vez, o que desde logo revelou alguma educação da sua parte, apontou educadamente uma arma ao funcionário e entregou um bilhete a informar que se tratava de um assalto:

 

Assaltante: "Por ventura e se não lhe for inconveniente, poderia contactar as autoridades e informar que eu estou a assaltar este banco?"

Funcionário: "Ora essa caro assaltante, vou prosseguir com essa chamada de imediato."

Funcionário: "Deseja algum dinheiro? Uma água?"

Assaltante: "Não se incomode, pode dar na mesma, mas não me dá muito jeito segurar por causa da arma. Vou aguardar ali na sala. Não se esqueça é do tal telefonema, está bem?"

 

De seguida senta-se de arma em punho, a esposa mantém-se estupefacta, e aguarda gentilmente a chegada da polícia.

 

Das duas uma, ou é fã de Prison Break, o que não censuro. Afinal de contas só quer ir safar o irmão que está na prisão.

Ou então apostou que a Maria Vieira não ia escrever um livro sobre os seus comentários no facebook e perdeu.

 

A polícia é rápida a chegar e algemam o dito senhor. E quando este passa pela esposa, completamente chocada com tudo o que estava a acontecer, o senhor dirige-lhe umas românticas últimas palavras:

"Finalmente vou ficar livre de ti!". E sai de cena. 

 

Parece que afinal este senhor queria sair da prisão, sendo preso.

 

Terá de ser agora ela a "Amar pelos Dois"?

 

Na realidade não.

Acabou por vir a público em julgamento, algo bastante sério, o "alegado" assaltante era afinal vítima de violência doméstica.

 

Esta informação sensibilizou de tal forma os juízes, que de uma pena de 20 anos de cadeia do qual poderia ser alvo, sendo o Texas um dos estados onde mais severamente se punem as tentativas de assalto, acabaram por lhe reduzir a pena para 2 anos.

E bem, dizem vocês? Onde é que está o Stand-up da Justiça afinal?

 

Simples. Os juízes, sensibilizados, também não acharam por bem enviar o senhor para uma prisão institucional. Nada disso.

 

Condenaram-no a dois anos em prisão domiciliária.

 

Adoro humor judicial inteligente.

 

Será certamente a primeira vez que alguém será a bitch de outro, em domiciliária.

 

 (imagem)

 

P.A


E fazer like na página do facebook, não?

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Mensagens

6 comentários

Comentar post

Mais sobre mim

imagem de perfil

Queres mais conteúdo do bom? Segue-me no Bloglovin que eu depois digo-te onde.

Arquivo