Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A minha namorada apanhou o bouquet

Um local de paz e reflexão, mesmo tendo ela apanhado o bouquet.

A minha namorada apanhou o bouquet

Um local de paz e reflexão, mesmo tendo ela apanhado o bouquet.

O Night Summit

Peço desculpa a todos aqueles que aqui vieram na expectativa de lerem um pouco sobre tecnologia. Mas tenho de ser fiel ao título e falar da verdadeira caça aos talentos que se passa no Web Summit. Pelo menos ali depois das 18/19 horas que é quando acaba aquela parte mais chatinha, que entretém até chegar o Night Summit. Sim existe um Night Summit.

 

Se o lusco fusco são 5/7 minutos e o pessoal tem de aproveitar rápido o clima romântico para pedir a respectiva em casamento, no Web Summit passa-se exactamente o mesmo. É ali um 6 a 9 de Novembro em que não se pode perder a oportunidade. 

 

E a parte interessante é que é exactamente esse o slogan oficial do Night Summit

"At Web Summit you listen, take it all in. At Night Summit you meet people & connect"

 

Na realidade até vou falar um pouco de tecnologia, viram, até me porto bem, mas só porque uma amiga minha me mostrou uma APP e serviu de inspiração para escrever este texto.

 

Falo de uma das APPs mais utilizadas por participantes do Web Summit.

O Tinder.

Isso mesmo. O Tinder.

 

Durante o horário laboral do Web Summit, temos jovens empreendedores bem apresentados, formados, a apresentar as suas ideias, os seus modelos de negócio, a sua estrutura e o seu conhecimento a quem pagou bilhete e está também ali, não só para aprender, mas também para reforçar a sua carteira de clientes. A verdade é que quando se fecham as portas e o regime laboral cai, aí sim começa o verdadeiro networking.

 

Pelo menos a avaliar pela invasão astronómica de perfis Web Summitarianos no Tinder, que pude constatar na conta da minha amiga Joana. Todos eles entusiastas tecnológicos que pela foto e texto, estão certamente sedentos por apresentar também eles a sua tecnologia de ponta, ou discutir apenas como a sua plataforma masculina pode conhecer, ou algo mais, uma qualquer aplicação de sexo feminino que lhe faça like.

E fazem mesmo questão de alertar: <At Web Summit, only this week in Lisbon!> Até fica no ar aquela ideia que se calhar é melhor aproveitar, que é uma qualquer promoção prestes a terminar: "Aproveite, só esta semana!".

 

Sinto-me profundamente traído, confesso.

 

Eu que passei anos e anos em que só no terceiro encontro podia dizer que era informático ou do ramo das tecnologias, porque não era algo muito bem visto no mundo feminino, assisto agora a este fenómeno em que aparentemente passou a ser um atributo altamente cotado no PSI20 dos amores virtuais?

A sério, não me façam uma coisa destas! 

Agora a levar com isto?

 

Agora já ela apanhou o bouquet caraças!

 

Tanto jeito me tinha dado o Web Summit em 2007.

 

Pelas ideias, claro.

 

 (imagem)

 

P.A


E fazer like na página do facebook, não?

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Mensagens

6 comentários

Comentar post

Mais sobre mim

imagem de perfil

Queres mais conteúdo do bom? Segue-me no Bloglovin que eu depois digo-te onde.

Arquivo