Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A minha namorada apanhou o bouquet

Um local de paz e reflexão, mesmo tendo ela apanhado o bouquet.

A minha namorada apanhou o bouquet

Um local de paz e reflexão, mesmo tendo ela apanhado o bouquet.

O Mês de Setembro

Chegou Setembro. Aquele mês que sempre significou algo na nossa vida.

 

Principalmente para os virgens. Os de signo.

Os outros virgens? Para esses, acaba por ser mais do mesmo - outro Verão perdido.

 

Mas seja pelo regresso às aulas, de conhecer novos assuntos, novos professores, novos colegas, ou por aqueles primeiros dias de Setembro, que são sempre mais baratos para alugar uma casa na praia da Vieira de Leira, com os meus avós, ou até mesmo aquele primeiro alerta de que está prestes a terminar o namorico de verão, a verdade é que Setembro é, e sempre será, um ponto de mudança anual nas nossas vidas.

 

Pelo menos até aos meus bisnetos. Acredito que aí o Agosto seja já um novo Janeiro e o Setembro passe a sofrer de crises de ansiedade derivadas da "mês-truação" climática. Sempre atrasada.

 

Nesse momento, já será tarde. Já terão nascido novos meses e não teremos ninguém que os saiba educar.

 

Mas no caso do Setembro, nem precisamos de esperar muito para notar diferenças. As redes sociais, por exemplo, alteraram irremediavelmente aquele velho Setembro de quando eu estava na escola.

Com estes novos "cantinhos de mete nojo pessoais" passou a existir uma nova espécie de humanoide, a que eu chamo muito resumidamente de "Indivíduo que tem prazer em estragar o dia de quem está a trabalhar".

Antigamente o Setembro era o mês da inveja. As pessoas voltavam de férias e contavam como tinha sido. Havia aquela inveja imediata e pronto, ficava resolvido ali. Já era assumido e corria tudo bem.

Agora não, agora a qualquer momento vibra o smartphone e lá está o filho da mãe com os pés voltados para a piscina, rodeado de uma paisagem digna de um filme nomeado para 9 óscares e nós ali, na secretária, a olhar para uma imagem de fundo no computador, estática, sem vida, e com azar, apenas com o logótipo da empresa para admirar.

Obrigado "Indivíduo que tem prazer em estragar o dia de quem está a trabalhar". Obrigado.

 

No meu tempo de escola, as pessoas voltavam das suas férias e, algures em Setembro, juntavam-se à mesa com o seu álbum de fotos impressas para contar como tinha sido o seu verão. Era uma espécie de jogo de poker, a ver quem tinha melhor mão.

"Eu este verão estive no Dubai com os meus pais!" - era uma forte cartada.

"Eu este ano fui a Ibiza!" - também valia bastante na altura. Hoje é apenas um mero parzito de quadras.

 

Mas também, naquela altura, sem redes sociais, era mais fácil fazer bluff. O GPS e a localização nas fotos, foram invenções terríveis para este tipo de jogadores da Fonte da Telha.

 

No entanto, corríamos o risco de se arriscássemos muito no bluff, acertar exactamente no destino de outro "jogador" que efectivamente lá tinha estado. Depois, ao sermos confrontados, claro que não sabíamos responder qual era o nome do café da praia onde hipoteticamente passamos o mês inteiro. Era um azar, mas acontecia.

 

Mas entre ser apanhado a fazer bluff ou dizer que tinha estado o Agosto todo na Trafaria, sinceramente, também não sei o que (tra)faria.

 

De qualquer forma, sendo o Setembro o mês da inveja, era uma inveja passada, não se sentia aquela dor imediata e constante. Agora não, vibra o smartphone novamente e lá está o filho da mãe outra vez a ser ele. Agora a beber um gin na varanda do Resort 5 estrelas mais perfeito do mundo. 

 

E nós a gastar dados de internet. Haja paciência.

 

Bem, mas nem tudo é mau. Pelo menos neste novo Setembro já não há tanto a invejar, já se publicou tudo em Agosto.

 

Mas pelo sim pelo não, vou continuar a desligar os dados enquanto estiver a trabalhar.

 

Bom Setembro.

 

 (imagem)

 

P.A.


E fazer like na página do facebook, não?

Mensagens

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

10 comentários

Comentar post

Mais sobre mim

imagem de perfil

Queres mais conteúdo do bom? Segue-me no Bloglovin que eu depois digo-te onde.

Arquivo