Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A minha namorada apanhou o bouquet

Um local de paz e reflexão, mesmo tendo ela apanhado o bouquet.

A minha namorada apanhou o bouquet

Um local de paz e reflexão, mesmo tendo ela apanhado o bouquet.

O melhor email do mundo

Já ouviu certamente falar de emails, mas o que lhe apresento hoje e me fascina particularmente é a forma como são escritos. 

Principalmente quando começa a escrever aquele email a alguém que, de alguma forma, o ofendeu. Nesse caso tem de sair perfeito, tem de ser o melhor email do mundo.

Enquanto numa SMS, diz algo como "Vai pastar oh bandido!" carrega no enviar e está resolvido. Num de email não. É bem mais complexo.

 

É algo que escreve com toda a sua honra, como se sempre tivesse feito parte de si e que, a partir do momento em que o envia, está disposto a dar tudo por ele. O melhor email do mundo é encarado como uma espécie de preparação das alegações finais de um grande caso homicídio, em que tudo é analisado ao detalhe e nada pode falhar, em que a SMS "Vai pastar oh bandido!" se transforma em algo como:

"

Caro senhor João,

Recordo-lhe que em Abril de 2014, durante o período em que esteve na minha presença o senhor não prestou a devida atenção ao que eu lhe disse. Como tal, desejo que vá alimentar-se de erva, malfeitor!

 

Com os melhores, embora ligeiros, cumprimentos,

P.A

"

Mas o processo não termina aqui.

Esta situação incomoda-o de tal forma que algumas vezes até precisa de enviar primeiro a alguém que conheça a situação, para que esta possa validar se o que escreveu está ou não no ponto. Acrescenta ao titulo "Vê lá o que achas desta minha versão, diz qualquer coisa" e envia ao seu validador de emails de serviço.

Se por acaso essa pessoa opinar sobre alguma parte que goste em particular, como por exemplo: "Eu tiraria a parte do 'malfeitor!', é muito agressivo e ofusca a tua razão!" - Você agradece prontamente, mas na realidade só lhe apetece mandá-lo pastar também e deixa ficar tudo como estava.

Por fim envia.

Nesse momento um sentimento de alívio e de dever cumprido toma conta do seu peito, acompanhado de um sorriso rasgado numa espécie de "Sou fantástico a enviar emails!" e começa automaticamente a imaginar como será o choque e a derrota do receptor ao ler o seu poderoso email.

Passa um dia, e depois de ter ido à sua página de email mais vezes que o presidente Marcelo faz presenças institucionais, começa a ponderar se terá sido forte demais ou se lhe terá escapado alguma coisa. A dúvida toma conta de si. 

Decide então voltar a ler. Não é algo fantástico? Passado um dia voltar a ler o email que já enviou de vespera? Fascinante.

Abre a pasta dos enviados e, quando abre, dá de caras com algo de errado. Volta a olhar para ter a certeza e não quer acreditar! Aconteceu mesmo...

Enviou o email com o título que era somente para o seu validador ["Vê lá o que achas desta minha versão, diz qualquer coisa"] .

 

O mundo cai aos seus pés.

 

É tarde demais.

 

O melhor email do mundo....

 

Passou a ser a sua maior vergonha.

 

(imagem

 

P.A


E fazer like na página do facebook, não?

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Mensagens

27 comentários

Comentar post

Pág. 1/2

Mais sobre mim

imagem de perfil

Queres mais conteúdo do bom? Segue-me no Bloglovin que eu depois digo-te onde.

Arquivo