Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A minha namorada apanhou o bouquet

Um local de paz e reflexão, mesmo tendo ela apanhado o bouquet.

A minha namorada apanhou o bouquet

Um local de paz e reflexão, mesmo tendo ela apanhado o bouquet.

Ela apanhou o bouquet... e agora?

Calma, não é déjá vu. Não aconteceu de novo, nem estaria eu aqui assim tão descansado.

 

O problema, meus amigos, é que a hora aperta mais uma vez.

Entrámos oficialmente na nova temporada de sofrimento de namorados de raparigas solteiras de 2017, ou se preferirem, a nova ronda de casamentos das amigas que não casaram na ronda anterior.

E claro que já recebemos convites. Claro!

Claro que sim! Adoro tanto...

Na realidade eu até percebo. É o preço da fama. Afinal de contas quem não desejaria ter a Cristiana Ronalda dos bouquets no seu casamento? Tirando o facto de ser minha namorada, até lhe reconheço alguma técnica. Como disse, em pleno Euro 2016, o senhor com nome de aeroporto que até tem um busto, "Vai tu bater, tu bates bem... Tu bates bem!". Ela até tem jeito, só é pena todo aquele bullying casamenteiro que se segue, senão até teria apreciado aquele momento de outra forma e com um aplauso.

 

Bom, mas é exactamente para vos alertar, rapazes e raparigas, que a época vai começar. É hora de entrar em estágio.

Como tal, tendo eu um ano de avanço já tenho autoridade para vos praxar e chamar nomes à bruta!

Mas resolvi fazer pior que isso.

 

"Pior? Como assim?"

 

Sim pior para ti rapaz, eu encontrei algo que vos pode ajudar caso a vossa namorada apanhe o dito bouquet. Já não tens desculpas, lamento!

 

"Onde?" Pergunta a tua namorada aos pulos em cima da cadeira? Aqui minha querida! Aqui!

 

Espero que vos ajude!

 

 (imagem)

 

P.A



Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Mensagens

15 comentários

Comentar post

Mais sobre mim

imagem de perfil

Queres mais conteúdo do bom? Segue-me no Bloglovin que eu depois digo-te onde.

Arquivo