Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A minha namorada apanhou o bouquet

Um local de paz e reflexão, mesmo tendo ela apanhado o bouquet.

A minha namorada apanhou o bouquet

Um local de paz e reflexão, mesmo tendo ela apanhado o bouquet.

Cuidado, hoje é dia de se levar a mal

Se ontem foi terça-feira de Carnaval e ninguém levou nada a mal, hoje, e apenas 24 horas depois, já não é bem assim. 

Cuidado. É que já se voltou a levar a mal.

Por exemplo, se hoje a sua chefe de escritório lhe aparecer à frente vestida de enfermeira, já não é a brincar. É assédio.

Ou se aquele seu colega ateu aparecer vestido de padre no trabalho, já não é a brincar. É blasfémia.

Ou se por exemplo, filmar uma criança a fazer birra e uma super psicóloga de óculos aparecer e mandá-la sentar-se no banquinho do castigo, também já não é a brincar. É proibido.

 

Ou até mesmo se tiver o grande "azar" de se cruzar com uma senhora sem roupa na rua, apenas com tinta no corpo, a dançar, para não ter frio...Bem, hoje já é outra coisa também.

 

Até a EMEL mudou. Hoje, já multa outra vez.

 

Enfim, o dia de Carnaval quer queiram, quer não, é um dos dias mais importantes da nossa sociedade. Primeiro porque funciona como uma espécie de cartão de "Está livre da prisão" em que é permitido sair da casca e fazer algumas coisas que não nos são normalmente permitidas. [sem consequências de maior]

Depois porque é um dos principais responsáveis pelo pico de nascimentos em Outubro e Novembro.

E o Portugal envelhecido agradece.

Sem consequências de maior.

 

Além disso, é a única notícia de Esposende que se tem por ano. Tenho lá amigos e é bom saber que estão bem. 

 

Mas este agendamento de 2018 foi terrível. O algoritmo do dia de Carnaval fez asneira.

E da grossa.

É que por consequência hoje é dia de recuperação da galhofeira de ontem. De voltar aos eixos. Mas também de estar cansado e cheio de olheiras. É dia de se levar a mal, estar feio, farto e de querer estar mas é sossegado.

Não é dia para ir comprar corações fofos vermelhos. Nem rosas perfumadas. Ou escolher um local romântico para jantar, quando está previsto que se vão perder os sentidos pouco depois das 21h.

 

 

Que ideia foi esta de marcar o dia de Carnaval para a véspera do dia dos Namorados?

Que tipo de humor sádico é este?

 

É que nem era preciso ter sido Carnaval ontem.

Ser dia dos Namorados é já peso suficiente para suportar.

 

Mas pronto, se calhar também não é bem assim.

 

Sou só eu hoje, a levar isto tudo a mal.

 

 (imagem)

 

 

P.A


E fazer like na página do facebook, não?

Mensagens

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

1 comentário

Comentar post

Mais sobre mim

imagem de perfil

Queres mais conteúdo do bom? Segue-me no Bloglovin que eu depois digo-te onde.

Arquivo